Inicio Especiais Huawei P30 Pro vs Galaxy S10 - Qual o segredo para vencer?

Huawei P30 Pro vs Galaxy S10 – Qual o segredo para vencer?

A Samsung está a trabalhar arduamente no Galaxy S10. O objetivo é cimentar a primeira posição e não permitir que a Huawei chegue perto. É certo que bater o Galaxy S10 não será fácil, uma fez que o fabricante chinês tem vindo a conquistar terreno e já é número dois no mundo, tendo derrubado a Apple.

No entanto uma boa guerra entre concorrentes só beneficia os consumidores. Mais investigação, mais novidades e sobretudo preços atrativos.

bater o Galaxy S10
Imagem: Phonearena.com

A propósito disto o site AndroidAuthority publicou um artigo muito interessante que revela tudo aquilo que o novo Huawei P30 terá de ter para conseguir bater o Samsung Galaxy S10. Nas próximas linhas resumimos esse artigo e contrapomos também com algumas ideias.

Bater o Galaxy S10: um fator diferenciador é essencial

A Huawei tem vindo a fazer um trabalho muito interessante neste campo. Todos os anos tem encontrado algo de novo para dar resposta à Samsung. O fabricante coreano lançou a abertura variável, a Huawei apresentou um sistema de câmara tripla.

bater o Galaxy S10

E o que vai acontecer no Huawei P30 Pro?

Seria interessante se o Huawei P30 Pro integrasse uma câmara pop-up que daria origem a um design sem molduras. Esta é uma ideia que já foi implementada em alguns equipamentos. De facto, é algo mais futurista e limpa completamente o ecrã de monocelhas e afins.

bater o Galaxy S10

De facto, este seria um fator diferenciador, uma vez que o Galaxy S10 deverá integrar um buraco no ecrã.

bater o Galaxy S10

Ainda assim não nos parece que isto vá acontecer. O P30 Pro deverá integrar uma monocelha em forma de gota de água.

Caso isto se confirme, a diferença entre os dois equipamentos não se deve decidir no painel frontal.

O carregamento sem fios será obrigatório

Para bater o Galaxy S10, o Huawei P30 Pro tem de ter todas as funcionalidades que já são quase um standard. O carregamento sem fios é uma delas. Agora que não está presente no P20 Pro.

bater o Galaxy S10

Entretanto, à semelhança do Mate 20 Pro, o Huawei P30 Pro deverá integrar também a possibilidade de carregar outros dispositivos.

Como sabem este sistema já está disponível na gama S, desde o S8.

Sensor de impressões digitais no ecrã e certificação IP68

Para estar à altura dos concorrentes, o novo Huawei P30 Pro deverá ter um sensor de impressões digitais no ecrã e ainda a classificação IP68 que garante resistência à água e a poeiras.

bater o Galaxy S10

Trazer de volta a saída para auscultadores

Parece-nos pouco provável mas não era má ideia a Huawei colocar novamente a saída para auscultadores no P30 Pro.

As câmaras são sempre um enorme fator diferenciador

O Huawei P20 Pro tem uma configuração de câmara tripla na parte traseira. Suporta reconhecimento de cenas, disponibiliza um zoom óptico de 3X e zoom híbrido de 5X. No entanto, a Huawei não pode cruzar os braços. A Samsung vai apostar forte neste departamento, já que a qualidade da câmara é uma das funcionalidades mais importantes para a maioria dos utilizadores.

bater o Galaxy S10

Neste campo, substituir o sensor monocromático por outra grande angular parece ser o caminho a percorrer.

O P20 Pro possui um sensor principal de 40MP para capturar um amplo espetro de cores, um sensor monocromático secundário de 20MP para capturar detalhes adicionais e uma terceira câmara de 8MP que é usada para zoom e distância focal adicional.

Para melhorar a configuração, a primeira coisa que a Huawei deve fazer é substituir a lente monocromática por uma grande angular como acontece no Mate 20 Pro.

bater o Galaxy S10

Isto oferece mais versatilidade ao tirar fotos.

Dar muita atenção à interface

A Samsung está a preparar uma nova interface. Segundo a Samsung, o novo software OneUI vai ajudar os utilizadores a estarem mais focados. De facto, vem com várias otimizações à volta deste conceito.

bater o Galaxy S10

Na prática, o OneUI destaca ou enfatiza os elementos mais importantes em cada interação para melhorar a utilização. As opções aparecem ou desaparecem ao executar determinadas tarefas, dependendo do que o software julgar necessário.

Da mesma forma, certos ícones e textos foram reduzidos ou ampliados de acordo com a prioridade.

A Samsung também efetuou alterações para a ir de encontro à dimensão cada vez maior dos smartphones.

Assim dividiu os menus em duas áreas distintas: a área de visualização e a área de interação.

A área de visualização contém um cabeçalho grande onde estão as informações mais abrangentes. São exemplo disso, alertas para alarmes futuros. Já a área da interação é facilmente acessível com uma mão. Na prática inclui os pormenores e as possíveis acções.

Também há alterações nos elementos estéticos

Também há muitas mudanças estéticas que refletem o design mais amplo dos próprios telemóveis recentes da Samsung. Isto faz com que o software e o hardware se complementem melhor.

Olhando para o vídeo ficamos com a sensação que a Samsung pode ter acertado em cheio com esta nova interface. Tudo parece mais intuitivo e simples. Se tudo correr bem, vai ser sem dúvida uma mais valia que vai tornar os equipamentos deste fabricante ainda mais interessantes.

Ora com esta forte aposta da Samsung na interface, a Huawei não pode cruzar os braços!

Assim, é preciso agarrar no EMUI e melhorar alguns aspetos. Atenção que eu gosto muito da interface da Huawei, mas é preciso ainda mais.

No entanto, este “ainda mais” não significa carregá-la com funcionalidades. Eventualmente, o caminho passa por simplificar. Uma experiência mais semelhante à dada nativamente pelo sistema operativo Android, mas com funcionalidades únicas.

Um bom exemplo é o que a OnePlus faz com o OxygenOS. É muito semelhante ao Android nativo, mas tem novas funcionalidades muito interessantes.

Uma bela bateria é essencial

A Huawei sai-se sempre muito bem no campo das baterias. O P20 Pro possui uma enorme bateria de 4.000mAh. Ou seja, 500mAh mais do que o  S9 Plus. No entanto, a Samsung deu um enorme passo com o Note 9, equipando-o com uma bateria de 4.000mAh. Provavelmente fará o mesmo com o futuro Galaxy S10 Plus. Ou seja, para a Huawei bater o Galaxy S10 vai precisar de uma grande bateria!

bater o Galaxy S10

Eventualmente, o P30 Pro terá uma bateria de 4300 mAh.

Uma guerra que será renhida

Sinceramente, a guerra entre estes dois titãs em 2019, a meu ver, será mais renhida do que nunca. A Samsung tem mesmo de marcar pontos com o Galaxy S10. Por outro lado, a Huawei tem de dar tudo o que tem para ultrapassar a Samsung. Assim, será o ano em que ninguém vai deixar truques na manga. É que os trunfos vão ser todos jogados!

O que acham? Quem irá vencer esta batalha? A Huawei vai bater o Galaxy S10? De que lado estão? Contem-nos tudo nos comentários. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

1 COMENTÁRIO

  1. Nunca escolheria um topo de gama da Huawei, é certo que com o Mate 20 Pro, esta deu um grande passo, mas na minha opinião falha em aspectos essenciais, tais como a qualidade de construção, pois está provado que ao mínimo toque sai risco nos ecrãs dos Mate. Em relação à interface, nunca gostei da da Huawei, pois tenta imitar a Apple sem a tal gaveta típica e tão maneirinha que o Android sempre teve. E é precisamente aqui um dos aspectos que menos aprecio na marca chinesa, a tentativa de imitação à Apple e à Samsung em vários aspectos. Por ultimo o que mais detesto na Huawei e tem a ver com o ponto anterior, mais uma vez tenta imitar um concorrente, ao ter adoptado a monocelha, que na minha opinião é só a coisa mais horrível que introduziram nos smartphones. Nunca compraria um smartphone com esta característica. Sendo assim optaria sempre pela Samsung em detrimento da Huawei!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia também

Assistente da Google prepara-se para uma mudança radical!

O Assistente da Google está cada vez mais completo mas isso não significa que não haja uma mudança. De facto, já me começo a...

A primeira placa gráfica da Intel chega ao mercado ainda em 2020!

Na recente reunião de investidores, o CEO da Intel (Bob Swan) confirmou que o desenvolvimento dos GPUs Xe está a correr muito bem, e...

O iPhone 12 Pro é capaz de ‘adivinhar’ a altura de qualquer pessoa!

É completamente normal ficar a saber que a nova versão de um smartphone popular traz funcionalidades novas e por vezes até estranhas. Mas ficar...

Windows 10: novo update vai corrigir as duas últimas atualizações!

A Microsoft está a testar um novo update que vai resolver diversos bugs na atualização de Outubro de 2020 (20H2) e também na de...

É desta que o Microsoft Edge bate de vez o Google Chrome!

Nem sempre foi assim mas atualmente podemos dizer que o browser é das aplicações mais importantes no Windows. Neste campo há três grandes destaques....