Huawei P30: O que esperar do próximo topo-de-gama?

A Huawei tem dois topos-de-gama, o Mate 20 Pro e o P20 Pro. São sem dois dúvida equipamentos muito atrativos, ao nível de desempenho e funcionalidades, embora apontem a duas audiências diferentes. A linha Mate assemelha-se mais a uma espécie de gama Note da Samsung, enquanto a Linha P é uma espécie de linha S.

Ora depois destes equipamento terem chegado ao mercado, a linha P em Março e a M em Outubro, é tempo de começarmos a olhar para o que aí vem.

A gama Huawei P30 já foi confirmada na IFA pelo CEO da empresa

Na edição 2018 da IFA, o CEO da Huawei confirmou que a linha P30 será uma realidade. Nas suas palavras “o Mate 20 será ainda melhor do que o P20 Pro e no próximo ano o P30 será ainda melhor novamente”.

O que poderemos esperar das especificações do Huawei P30?

No campo das especificações já existem algumas certezas. A HiSilicon não vai ter tempo até Março para lançar um novo procesador. Para além disso, a Huawei costuma utilizar na linha P, o processador que integrou no Mate lançado no ano anterior. Dito isto, o novo Huawei P30 virá um chipset Kirin 980.

O mesmo chipset do Mate 20 Pro

O Huawei Kirin 980 é mais rápido, inteligente e eficiente que o seu antecessor, Kirin 970. Depois de três anos de muito desenvolvimento, a Huawei desenvolveu o Kirin 980 com 6,9 mil milhões de transistores, 75% mais rápido que o Kirin 970. Já a placa gráfica é 57% mais eficiente em termos de potência e oferece 178% mais desempenho do que a que estava no Kirin 970.

Destaca-se ainda o facto deste chipset incluir duas unidades de processamento neural (NPUs). Isto garante muito mais velocidade em todas as tarefas que necessitem de inteligência artificial.

Ao nível da conetividade, suporta LTE Cat 21, prometendo uma velocidade de download de 1.4Gbps. Além disso, integra um módulo Wi-Fi Hi, que já provou ser o chip WiFi mais rápido do mundo, suportando a velocidade de download de 1,7 GBPS. Destaca-se ainda um GPS de frequência dupla (L1 e L5) com uma elevada precisão.

Além disso, o Kirin 980 pode reconhecer 500 fotos em apenas seis segundos. Também pode identificar vários objetos num vídeo em tempo real.

8GB de memória

Ao nível da capacidade de memória deverá situar-se entre os 6 e os 8GB. Já o armazenamento deverá situar-se entre os 128 e os 512GB. Importa ainda salientar que esta memória deverá poder ser expandida através de cartões nanoSD.

É verdade que a Huawei não colocou nenhum slot no P20 Pro. No entanto e tendo lançado agora os seus próprios cartões NanoSD, é muito provável que os integre no novo P30.

Teremos uma aposta em quatro câmaras?

Ao nível das câmaras é difícil sabermos ao certo o que a Huawei vai fazer. No entanto, considerando que uma das principais caraterísticas na linha P é a fotografia, vai certamente melhorar o que já está presente no Mate 20 Pro, ou até apostar em quatro câmaras.

Ao nível do design o P30 deverá ir buscar algumas caraterísticas ao Mate 20 Pro. Assim teremos certamente um ecrã curvo. Ao nível das funcionalidades destaca-se o reconhecimento facial 3D e o leitor de impressões digitais integrado no ecrã.

O preço

No que diz respeito aos preços e considerando que cada vez os fabricantes pedem mais não será de estanhar que o P30 venha com um preço semelhante ao do Mate 20 Pro.