Huawei P10: processador da próxima geração e leitor de impressões digitais ultrassónico


Por em

O Huawei P10 anda nas bocas da Internet e ninguém o pode criticar: o Huawei P9 confirmou a Huawei como um fabricante de primeira linha e elevou a fasquia quanto à qualidade de construção e especificações que um telemóvel de topo deve ter. Agora é a vez do Huawei P10 impressionar, algo que não deverá fazer confirmadamente até ao início de 2017, mas duas possíveis novidades foram agora reveladas: o Kirin 970 e um sensor de impressões digitais ultrassónico.

Vamos começar pelo Kirin 970?

Não podíamos estar mais impressionados com o Kirin 960 do Huawei Mate 9. Este processador literalmente vê a Huawei passar à frente das principais concorrentes, em termos de colocar no mercado os novos ARM Cortex A73, nome de código Artemis, pensados para performance sustentada durante longos períodos de tempo e elevada eficiência energética. Do que temos visto no Huawei Mate 9, ambos os objectivos foram atingidos para lá de qualquer dúvida.

Mas 2017 será tudo sobre processo de fabrico a 10nm. A litografia a 10nm empurra mais longe que nunca a tecnologia de fabrico de transístores, miniaturizando-os ainda mais, com consequente poupança de espaço e aumentando a eficiência energética. Tudo o resto igual, uma versão do Kirin 960 fabricado com esta litografia seria capaz de manter a performance durante mais tempo sem aquecimento excessivo, e imprimir uma duração mais cómoda a qualquer bateria.

E é aqui que entra o Kirin 970, que deverá ser fabricado com recurso ao processo litográfico de 10nm da TSMC, com o que poderá ter maior frequência de operação nos núcleos, sem penalização energética. Quase ao dia, a Leak apontava mais ou menos para este prazo, em 2015, Se o Huawei P10 se confirmar como o terminal de lançamento deste novo processador, será inquestionavelmente um dos terminais mais poderosos de 2017.

E agora vamos ao leitor de impressões digitais ultrassónico.

Recentemente começamos a mostrar as possibilidades do Huawei P10, e há cerca de uma semana surgiram as primeiras imagens ao vivo do suposto terminal da Huawei. Obviamente, manifestamos algumas dúvidas sobre alguns pormenores do desenho.

Portanto agora temos três novos renders do dispositivo e nenhum é exactamente igual a estas imagens ao vivo (felizmente), mostrando linhas muito mais em acordo com o estilo do P9 e – mais recentemente – do Mate 9 Pro.

Numa das versões, com ecrã plano – poderá haver um P10 Pro? – o leitor de impressões digitais encontra-se na traseira, como esperado. No outro render, mostrando um corpo simétrico com ecrã e painel com curvatura bilateral além do leitor traseiro, um botão capacitativo frontal também aponta para a possíbilidade de um sensor de impressões digitais ultrassónico aí.huaweip10-glass

Isto porque as imagens mais recentes do painel frontal mostram que este painel de vidro é contínuo, sem recorte para um botão, o que dá grande crédito à ideia de um sensor abaixo do vidro num painel inteiriço.

Na verdade não é a primeira vez que lemos sobre dois leitores de impressões digitais: alguns rumores ténues apontavam para a possibilidade no Huawei Mate 9. E faz sentido: nenhuma posição para o leitor é absolutamente consensual, então porque não duas, com funções diferentes e diversificadas?

Via Playfuldroid

 

Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Auscultadores estéreo Bluetooth Hama “Speed”

Futuro flagship Nokia será à prova de água e terá ópticas Carl Zeiss

Seguinte