Huawei Mate 9: todas as novas funcionalidades da EMUI 5.0 e como as activar  - Leak

Huawei Mate 9: todas as novas funcionalidades da EMUI 5.0 e como as activar 

83141
3
Share:

Enquanto as atenções se concentram no processador, no design e nas especificações em geral, uma das grandes novidades do Huawei Mate 9 é a EMUI 5.0, baseada no Android Nougat e que representa uma tremenda renovação por parte da Huawei.

Se em algum momento reservas existissem sobre a interface da Huawei, as suas opções estéticas e funcionais, a EMUI lida com praticamente todas.

Não é apenas o novo look inspirado no Mediterrâneo e no azul das ilhas Gregas, ou as animações zen do dispositivo: há um significativo mundo novo de funcionalidades a descobrir, muitas das quais não estão activas por defeito.

  • Introdução à EMUI 5.0: uma análise rápida

A Emotion UI chega enfim à sua quinta iteração e parece que à quinta é de vez.

O mais visível na EMUI 5.0 é o seu redesenho e a aposta nos tons brancos e azure ou azulão, conferindo-lhe um visual mais colorido, mas ao mesmo tempo mais leve: o azure nas definições rápidas relembra um LED suave, por exemplo. As animações foram igualmente simplificadas e tornaram-se mais elegantes e leves para o sistema.
As novidades são aparentes logo aqui nas definições rápidas, com a agregação de notificações, a capacidade de respondermos a mensagens a partir daí, e a disponibilidade de aceder às definições profundas com toque demorado em cada definição rápida. A Huawei destaca a capacidade para executarmos as principais acções em apenas 3 toques, e esta funcionalidade é chave para isso.

Finalmente a bordo, a gaveta de aplicações está inactiva, mas activar a funcionalidade é fácil e será uma preferência para muitos utilizadores.

A divisão de ecrã está totalmente implementada, embora não dependa exclusivamente da Huawei quais as apps que funcionam na vista multitarefas.

Mas será atrás de toda esta capa visual que tudo acontece para manter o telemóvel rápido. A Huawei implementou um algoritmo de machine learning que faz uma gestão inteligente dos recursos, analisando as principais necessidades das apps utilizadas, as mais frequentemente utilizadas, etc.

Ao mesmo tempo, temos uma desfragmentação em tempo real a correr em segundo plano, em teoria garantindo que o sistema não acumula lixo. Quanto à optimização, também a gestão da bateria foi refinada e permite agora reduzir a resolução do ecrã para poupar energia.

Isto acrescenta-se a uma já excelente gestão de bateria que permite controlo extremo sobre que apps podem ou não continuar a funcionar após o ecrã em suspensão, no menu Otimizar.

E os Códigos QR para cada contacto?

É verdade: uma das iniciativas da EMUI 5.0 é atribuir a cada contacto um código QR com as informações sobre esse contacto. Podemos consultar o código no perfil de cada contacto, do lado direito superior. Basta uma fotografia a este QR para alguém importar o contacto.

E já que estamos nisto, podemos utilizar a câmara para digitalizar cartões de visita. Os dados vão maioritariamente para os campos certos num abrir e fechar de olhos.

Uma nova funcionalidade da EMUI 5.0 no Huawei Mate 9 é a detecção de toques falsos, permitindo evitar a activação acidental de acções e apps. Afinal, este é um ecrã particularmente grande. Para já, a função parece exemplar.

Para os amantes das redes sociais, também é possível correr duas contas Whatsapp e Facebook em paralelo, na clonagem de aplicações, dentro das definições.

Finalmente, num terminal vocacionado para os negócios, não podia deixar de ser um grande destaque a novidade de um espaço privado e encriptado que pode ser configurado para albergar os documentos verdadeiramente privados.

Ao todo, são inúmeros refinamentos que tornam a EMUI 5.0 a mais evoluída de sempre, face à geração anterior. Claro que existem para já algumas omissões estranhas, como tocar no ecrã para acordar ou um ecrã always on.

O sistema voa, e para já nunca gostamos tanto de uma interface Huawei.

E agora, vamos activar algumas destas novas funcionalidades?

  • Activar a gaveta de aplicações 

Pois é: após anos a seguir as práticas normais dos fabricantes Chineses que preferem dispor as apps ao longo de várias páginas, a EMUI permite-nos activar a gaveta de aplicações.

Para tal, devemos ir às Definições e Estilo do Ecrã Principal. Activada, a gaveta de aplicações passa a exibir as apps mais utilizadas no topo do ecrã. Logo acima encontramos a barra de busca para chegarmos às apps mais depressa e, ao longo da lateral, uma escala alfabética ainda mais rápida.

  • Activar modo de leitura (filtro de luz azul) sem a cor amarelo horrenda

É sabido que ler à noite pode mexer com os ritmos circadeanos do cérebro, alterando o sono. Mais importante, a luz azul é altamente penosa para os olhos, causando fadiga ocular.

Por isso é recomendado que quem tem hábitos de leitura no escuro, à espera que o sono chegue, active o modo de leitura. Infelizmente, este modo funciona filtrando a luz azul, dando uma tonalidade laranja doentia ao ecrã e tirando qualquer prazer da leitura de qualquer coisa com imagens.

O modo de leitura do Huawei Mate 9 pode ser encontrado nas Definições, Visualização e Modo de Leitura.

É possível ligar o modo de leitura manualmente, ou agendar um horário em que este se active e desligue automaticamente. Mas o mais interessante é a possibilidade de calibrar a temperatura do ecrã, recuperando parte da tonalidade azul do ecrã, sem no entanto puxar demasiado pelos olhos.

  • Trabalhar no modo ecrã dividido do Android

Um inconveniente de estarmos a conversar num lado enquanto lemos outro é o entediante de mudar de janelas constantemente. Felizmente, o Android 7 permite ter duas janelas abertas lado a lado e o Huawei Mate 9 implementa a função. De dois modos, na verdade, embora um seja perto de inútil.

Falamos do knuckle gesture, ou a possibilidade de deslizar um nó do dedo ao longo do ecrã para iniciar a separação das janelas. No entanto, o gesto é particularmente ineficaz e falha mais do que acerta.

Então pressionamos durante alguns segundos o ícone das apps recentes (aka, o quadrado) para activar a divisão de ecrã.

Claro que não depende totalmente da Huawei se ambas as apps pretendidas funcionam em modo multijanela.

  • Activar modo de uma só mão 

O Huawei Mate 9 e a EMUI 5.0 introduzem diversas funcionalidades para os momentos em que necessitamos escrever e utilizar o telemóvel apenas com uma mão.

O leitor de impressões digitais pode ser desde logo configurado para um gesto de deslize puxar o slider das definições rápidas e notificações. Um toque duplo no leitor elimina as notificações e recolhe o slider. Catita.

A IU de uma mão pode ser activada a partir do menu da assistência inteligente, e inicia-se com um swipe ao longo das teclas de navegação, para a esquerda ou para a direita, conforme as nossas preferências.

Ainda nas Definições, menu Navegação, podemos adicionar às teclas de navegação uma tecla para fazer descer o painel de notificações, algo que muitos utilizadores poderão preferir ao leitor de impressões digitais.

Podemos ainda activar o já veterano botão flutuante que pode ser colocado a jeito de qualquer polegar, para navegação pelas apps, bloqueio da janela ou optimização do terminal.

  • Activar o espaço privado do Huawei Mate 9 

Os Huawei mais recentes permitem criar vários utilizadores ao mesmo dispositivo, mas a EMUI 5.0 do Huawei Mate 9 introduz o Espaço Privado, um espaço encriptado, separado do principal, de onde podemos ver os restantes dados dos outros perfis, mas o contrário já não é verdade: os dados do espaço privado ficam escondidos, ideal para os assuntos mais sigilosos.

O Espaço Privado activa-se das Definições e do menu Utilizadores. Ao o activarmos, é-nos solicitada uma impressão digital exclusiva para lhe acedermos.

Para trocarmos de espaços, basta desbloquear o telemóvel com a impressão digital pertinente, ou puxar o menu de definições rápidas onde podemos pressionar o ícone do espaço principal.

Fora os dados escondidos, como fotos, podemos optar por separar as comunicações feitas nos dois espaços.

Quando poderão os utilizadores ter acesso à EMUI 5.0 fora do Huawei Mate 9?

Ainda não sabemos, mas a Huawei acaba de lançar o Beta Testing para o Honor 8, e dispositivos como os Huawei P9 e P9 Plus deverão seguir-se em breve. As capacidades avançadas da EMUI 5.0 deverão ser mais um argumento para a compra de um Huawei e a marca não quererá passar ao lado da oportunidade.

Share:

3 comentários

Deixe uma resposta