Huawei Mate 40 com Kirin 1020 vai ser 50% mais rápido!


Por em

Sendo uma das maiores empresas no fabrico de chips em todo o mundo, a TSMC já planeia produzir em massa chipsets de 5 nm no primeiro semestre deste ano. Dito isto, espera-se que as gamas iPhone 12 e Huawei Mate 40 sejam os primeiros smartphones a utilizá-los.

Huawei Mate 40 com Kirin 1020 vai ser 50% mais rápido

Assim, após o sucesso dos chipsets de 7 nm, os 5 nm serão mais um excelente negócio para a TSMC. Atualmente, existem duas tecnologias neste processo de fabrio: N5 e N5P. Comparativamente ao antigo processo de fabrico de 7 nm, o N5 melhora o desempenho em 15%, o consumo de energia em 30%. Enquanto isso, o N5P oferece 7% mais desempenho que o N5 e o consumo de energia cai ainda mais em cerca de 15%. De acordo com especialistas do setor, a versão 5nm N5 será produzida em massa este ano, enquanto a variante N5P será produzida em massa em 2021.

Atualmente, as despesas de I&D para a produção de chips de 5nm ultrapassaram os 500 milhões, sendo que para já a Huawei e a Apple vão utilizar esta tecnologia. De facto, foi relatado que a Huawei vai lançar dois chips de 5nm este ano. Entretanto, o sucessor do Kirin 990 deve ser chamado Kirin 1020.

Por fim, foi relatado na China que o Kirin 1020 será 50% mais poderoso que o Kirin 990; com a arquitetura de processador atualizada do Cortex A76 para o Cortex A78. O que significa que a Huawei vai ignorar o Cortex A77 atualmente no Qualcomm Snapdragon 865. Obviamente, o Kirin 1020 também virá com um modem 5G integrado.

De facto, vamos ter grandes bombas a caminho graças aos nossos chipsets. O Huawei Mate 40, por exemplo, para além de um conjunto poderoso de câmaras deverá apostar num excelente desempenho. É que com a enorme concorrência que existe no mercado a velocidade pode ser um fator determinante.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Featured

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.