Na semana anterior, uma publicação sul-coreana relatou que a Huawei está a desenvolver um smartphone com um ecrã OLED de 6,9 ​​polegadas. Também se falou que a Samsung Display vai dar início à produção completa dos painéis OLED de grande dimensão até o final do terceiro trimestre e o mesmo poderá ser visto num smartphone da Huawei que poderá chegar no quarto trimestre deste ano ou no primeiro trimestre de 2019. Simplificando todas estas informações, o próximo Mate 20 Pro poderá ter um ecrã OLED de 6,9 polegadas.

A 5 de fevereiro, a Huawei submeteu uma patente com o título de “Dispositivo de Comunicações Móveis”. A patente que foi aprovada no dia 7 de junho e pertence a um smartphone de ecrã total com cantos retangulares.

A descrição da patente afirma que é difícil criar um smartphone com molduras extremamente finas utilizando os chassis mais habituais. Assim, os engenheiros da Huawei decidiram apostar num método alternativo que utiliza tiras de metal em vez da moldura normal.

As tiras de metal são coladas ao ecrã do dispositivo através de cola ou fita adesiva de dupla face. Isto é feito de uma forma tão avançada que torna o dispositivo à prova d’água, à prova de poeira e anti-estático. O ecrã sensível ao toque que possui partes mais elevadas na parte superior e inferior é colocado num chassis, como visto na imagem acima. O smartphone que resulta de todo este esforço tem molduras laterais inexistentes e molduras muito finas na parte superior e inferior.

Os documentos da patente também indicam que existe um botão que pode ser visto nas ilustrações acima. A tecnologia patenteada pode ser utilizada não apenas num smartphone, mas também num tablet. Deste modo, vai ser possível obter-se uma verdadeira experiência de ecrã total com uma relação ecrã-corpo muito semelhante à disponibilizada pelo Vivo NEX.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.