Se seguem o Bruno Fonseca, já saberão há alguns dias que a Huawei estava prestes a lançar o Huawei Honor 8, e hoje a notícia confirmou-se.

O Huawei Honor 8 já pouco poderia surpreender, numa Internet propensa a fugas de informação, por isso as boas notícias são que tudo o que esperávamos do dispositivo se confirma agora. O grande destaque vai para as câmaras duplas de 12MP na traseira. Não têm a chancela da Leica, mas mantêm a disposição de uma para a fotografia a cores, e outra para a fotografia a preto e branco. Os sensores são os mesmos Sony IMX286 do Huawei P9, e parece-nos que temos igualmente um sensor para foco por laser, além do esperado flash de LED duplo.

O processador confirma-se como um HiSilicon Kirin 950, o mesmo processador relativamente recente que nos deixou excelentes impressões com o Huawei Mate 8, mas além da versão com 32GB de armazenamento e 3GB de RAM, existirá uma versão mais avançada com 64GB de armazenamento e 4GB de RAM.

Quanto ao ecrã, temos uma unidade de 5.2 polegadas e resolução full-HD, que se caracteriza ainda pelo vidro 2.5D. No entanto há outras características menos óbvias, como o emissor infravermelho que é das coisas mais importantes que os smartphones deixam sempre de fora e que tem sempre imensa utilidade. Não falta, claro, o sensor de impressões digitais onde a Huawei é, francamente, líder de mercado. A bateria, essa é de 3000mAh, com carregamento rápido, e alimentada através da porta USB-C.

Portanto, o Huawei Honor 8 traz para a gama média as características mais interessantes do Huawei P9 e ainda acrescenta alguns pontos, tudo com um design bastante apelativo que não nos deixa adivinhar à primeira vista o preço que não chega aos €300. Isto, quando e se chegar à Europa. Não faltarão neste momento mãos a esfregarem-se de expectativa, porque o Honor 8 tem efectivamente características muito agressivas.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.