à Huawei -

Apesar dos problemas com os Estados Unidos, a Huawei está a dar uma lição ao mundo. É que as vendas na Europa e noutros mercados internacionais parecem não ter sofrido qualquer alteração. Isto juntamente com a explosão das vendas na China, ajudou esta empresa a enviar 200 milhões de smartphones para distribuição este ano. É caso para dizer que este fabricante bate o pé a Trump.

Huawei bate o pé a Trump com 200 milhões de smartphones!

Este fabricante aproveitou o Twitter para revelar ao mundo que atingiu esta meta no dia 22 de Outubro. Isto é sem dúvida extraordinário. Especialmente porque no ano passado em que não havia qualquer problema com os Estados Unidos, esta empresa necessitou de 64 dias extra para atingir a mesma meta. Lembramos que os 200 milhões de smartphones foram atingidos a 25 de Dezembro de 2018. Se olharmos para os resultados de outros anos, os números são ainda mais animadores.

Mate 30
Mate 30 Pro com o seu ecrã Waterfall

Há dois anos, este fabricante celebrava o facto de ter enviado 100 milhões de smartphones para distribuição. Isto até ao final de Setembro. Já em 2015 só ultrapassou este valor em Dezembro.

De facto, a Huawei está a crescer e cada vez se estava a aproximar mais da Samsung. Não tivesse havido este problema com os Estados Unidos e seria só uma questão de tempo até chegar ao número 1, talvez mesmo em 2020, como o CEO da Huawei já tinha previsto. Com este problema, não se sabe ao certo o que vai acontecer. Eventualmente até poderá chegar num futuro próximo, mas certamente que vai levar mais tempo.

a Trump

Pessoalmente estou curioso para saber como é que o mercado vai reagir ao Mate 30 Pro que deve chegar em breve. Eventualmente a não presença dos serviços da Google até podem não fazer grande mossa, até porque podem vir a ser implementados a qualquer momento através de uma atualização de software. Isto quando o problema com os Estados Unidos estiver resolvido.

Ainda assim e apesar de todas as contrariedades a Huawei parece estar a sair-se muito bem.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.