Huawei p30

A Apple ainda mantém a sua liderança no campo dos smartphones super-premium. Isto apesar de perder alguma força na China, que é só o maior mercado do mundo. A propósito disto, dados recentes da Counterpoint Research revelam que a Apple já não controla o segmento de smartphones premium na China. Os dados também revelam que a Huawei é a maior beneficiária da queda da Apple na China. Dito isto, a Huawei surgiu como o rei dos smartphones premium na China, à frente da Apple no primeiro trimestre de 2019. O segmento premium, conforme refere esta empresa de estudos de mercado consiste em equipamentos com preços entre os 600 e os 800 dólares.

Huawei bate Apple no segmento de smartphones premium!

A luta da Apple na China já começou ha algum tempo. No entanto, no ano passado, esta empresa ainda controlava o mercado de smartphones premium. No entanto, os dados da Counterpoint revelam que a empresa norte-americana conquistou 37% de participação de mercado no primeiro trimestre de 2019. Desta forma, ficou abaixo dos 82% de participação de mercado no primeiro trimestre de 2018. Também é menor do que a participação de mercado obtida no quarto trimestre de 2018.

smartphones premium

Em oposição, a Huawei registou um aumento de 38% na sua participação no mercado. No primeiro trimestre de 2018, a empresa tinha uma participação de apenas 10%, enquanto assegurava uma participação de 48% no segmento de smartphones premium no primeiro trimestre de 2019. Claro que isto é apenas 11% maior do que a participação de mercado da Apple. No entanto, pode triplicar nos próximos trimestres. Isto à medida que a empresa muda o seu foco para o mercado doméstico numa tentativa de mitigar o efeito que a proibição dos EUA poderá vir a ter sobre as vendas de smartphones no exterior.

No entanto, a Apple ainda controla o segmento de smartphones super-premium. Consiste em equipamentos com preços acima de 800 dólares. O gigante da maçã lidera este segmento por uma margem significativa. Isto graças a uma quota de mercado de 74% contra a quota de 14% da Huawei. No entanto, a Huawei cresceu 12% em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto a Apple caiu 16%. Esta é uma indicação de que a Huawei pode aproximar-se rapidamente da Apple nos super-premium com modelos como o Mate X 5G, que custa mais de 1000 dólares.

Ou seja, apesar do bullying americano, a Huawei está bem!