Se tem um Honda entre 2012 e 2022 tenha atenção!

A tecnologia tem muitas coisas boas. Chegou para facilitar as nossas vidas e de facto, nos últimos anos, temos tido direito a inovações incríveis. No entanto, nem tudo é um mar de rosas. É que estes avanços também abrem a porta a muitos perigos. Aparentemente é isso mesmo que se está a passar com os automóveis Honda que estão sob ataque. Tudo graças a um ataque que pode fazer com que acedam rapidamente ao seu veículo, especialmente se tem um Honda fabricado entre 2012 e 2022.

Se tem um Honda entre 2012 e 2022 tenha atenção!

O ataque chama-se Rolling Pwn e na prática permite desbloquear remotamente e ligar vários veículos Honda fabricados entre 2012 e 2022. Este método só abrange os automóveis “sem chave” que se baseia em códigos que estão constantemente a mudar para evitar que as pessoas consigam aceder indevidamente. O problema é que parece não estar a funcionar muito bem.

É que estes códigos de comunicação entre a suposta chave e o carro podem ser interceptados por sistemas que estejam a 30 metros de distância. Depois podem ser reutilizados para se aceder ao veículo. Ou seja, assim que alguém deitar a mão aos códigos consegue reproduzi-los para desbloquear o carro e ligar o motor. Para além disso parece que estes códigos nunca deixam de estar válidos.

Os investigadores afirmam que a vulnerabilidade provavelmente afeta todos os modelos Honda entre 2012 a 2022. Até aqui foi possível reproduzi-lo em 10 modelos diferentes deste fabricante.

Honda 2012

Entretanto este fabricante já comentou. Após a publicação da investigação, a Honda ficou inicialmente cética quanto à sua credibilidade devido a provas insuficientes. Isto de acordo com a publicação The Drive. No entanto, um porta-voz da empresa afirmou ao site TechCrunch que “é possível utilizar ferramentas sofisticadas e know-how técnico para duplicar comandos e ter acesso a certos veículos”.

A Honda esclareceu ainda que “embora seja tecnicamente possível, este ataquie requer uma captura contínua de sinais de proximidade de múltiplas transmissões sequenciais de RF”. Por outras palavras, a Honda não parece ter ficado muito preocupada com o assunto.

Os investigadores que descobriram esta falha partilharam uma imagem de um e-mail alegadamente do serviço de apoio ao cliente da Honda que reconhece o problema, mas diz que é “um risco menor para os clientes”.

Não perca nenhuma informação importante. Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir ou no símbolo da estrela no canto superior direito.

Subscrever

Outros artigos

Se anda de trotinete pode ter de pagar estas multas!

Não há dúvida que as trotinetes são bastante úteis....

AMD Ryzen 7 7700X sorriu para as câmeras!

Como deve saber, a AMD está a preparar-se para...

Windows 11 22H2: a nova versão chega a 20 de Setembro!

Quem andava ansioso pela nova versão do Windows 11,...

Para estar seguro não basta apagar o histórico do Chrome!

Pelas mais variadas razões podemos ter necessidade de apagar...

Android: resolva agora os problemas mais comuns!

O Android é um sistema operativo muito intuitivo, fiável...
mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.