Governo Britânico poderá passar a ter acesso às mensagens do WhatsApp

O ministro do Interior do Reino Unido, Amber Rudd, solicitou ao governo que passe a ter acesso a ficheiros e conversas encriptadas, ponto a ponto, após o ataque terrorista da semana passada em Londres.

Acredita-se que Khalid Masood, o extremista britânico responsável pelo ataque, tenha utilizado o WhatsApp durante vários minutos antes de lançar o ataque na quarta-feira, apesar do objetivo ainda não estar claro.

Rudd, que falou no programa Android Marr da BBC, afirmou que era “completamente inaceitável” que o governo não tivesse permissão para ler essas mensagens e disse que o WhatsApp não deveria “fornecer um lugar secreto para os terroristas comunicarem uns com os outros”. Entretanto o mesmo ministro, agendou uma reunião na quinta-feira, 30 de março para discutir o assunto com os líderes desta empresa de tecnologia.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário