Google Play Store: está a ser seguido e nem faz ideia!


Por em

Quando instalamos uma aplicação no nosso smartphone Android, essa app passa a ter determinadas permissões. Esse ganho de direitos pode ser bom, mas também pode ser mau. É por esse motivo que, por vezes, podemos limitar esse acesso. No entanto, essa preocupação pode não servir de nada. Através do site CNET ficámos a saber que mais de 1000 aplicações Android na Google Play Store encontraram uma forma de contornar as permissões que não lhes foram dadas. Deste modo, é possível acedermos aos dados de localização e a outras informações pessoais.

Google Play Store: há aplicações a segui-lo sem saber!

O Instituto Internacional de Ciências Computacionais afirmam que, pelo menos, 1325 aplicações na Google Play Store recolhem dados de utilizadores para as quais não têm permissão. O estudo foi apresentado nos Estados Unidos, no evento Privacy Con.

Este não foi um estudo pequeno já que contou com a análise a 88 mil aplicações Android e à forma como lidam com os dados quando as permissões são negadas. O que o estudo descobriu é que 1325 apps estavam instruídas para recolherem os dados de localização a partir dos metadados de fotos armazenadas no smartphone e ligações Wi-Fi.

Google Play Store

Entretanto a Google já foi notificada para este facto e prometeu resolver tudo com o lançamento do Android Q. Dito isto, o novo sistema operativo Android vai escolher a localização das fotos e outros dados destas apps.

No entanto, esta não é a única forma destas aplicações se apoderarem de dados pessoais. Dito isto, algumas têm também a capacidade de ir beber informação a outras apps que têm as autorizações devidas.

Apesar de só terem sido descobertas 13 aplicações Android que o fazem, o problema é sério. É que as apps em questão foram instaladas mais de 17 milhões de vezes.

Através desta técnica é possível ter-se acesso ao IMEI e a dados alusivos à ligação Wi-Fi.

Os nomes das 1325 aplicações Android que roubam aplicações Android serão revelados publicamente no próximo mês.

No entanto, estas coisas não se passam apenas no mundo Android.

Lembramos que em Maio, o The Wall Street Journal descobriu que de 80 aplicações listadas na App Store da Apple, 79 continuam trackers que recolhiam dados dos utilizadores de modo a fornecer publicidade.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Featured

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Spotify Lite chegou! Apenas ocupa 10MB de memória do smartphone

Qualcomm lança novo chipset Snapdragon 215! Veja o que muda!

Seguinte