Google Maps salva mulher de 34 anos que tinha sido raptada!

O Google Maps normalmente é alvo de muitos artigos na Leak. A questão é que na grande maioria das vezes falo de novas funcionalidades ou de truques e dicas. Desta vez o assunto é bem interessante, considerando que o Google Maps salva uma vida e mais especificamente uma mulher de 34 anos que tinha sido raptada pelo companheiro.

Google Maps salva mulher de 34 anos que tinha sido raptada!

A notícia chega do outro lado do Atlântico e dá conta que um homem de 33 anos raptou a mulher em Juiz de Fora, um municipio do Estado de Minas Gerais. Para escapar a esta situação ela conseguiu recorrer ao Google Maps.

De acordo com o site UOL.com.br esta mulher foi obrigada a passar a noite num banco fora de casa, sentada, enquanto o homem não parava de a vigiar.

maps salva

A vítima num momento de distração do companheiro conseguiu deitar a mão ao smartphone e utilizou o Google Maps para reportar a sua situação. Mais especificamente, entrou na plataforma do Google Maps e procurou pela esquadra mais próxima. Na opção “perguntas da comunidade”, fez o pedido de socorro.

Nele ela disse “como que eu faço pra sair da casa do pai do meu filho, ele me ameaça e não me deixa sair, também não consigo chamar a polícia porque ele me ameaça o tempo todo, me ajudem por favor”.

Na manhã seguinte as autoridades viram a mensagem na plataforma e começaram logo à procura da vítima, o que não foi difícil já que ela o tinha deixado no comentário.

Entretanto algumas horas antes o companheiro da vítima percebeu que ela tinha usado o smartphone para fazer algum tipo de contacto. Assim tentou estragá-lo atirando água para cima dele.

Tudo acabou bem já que o homem foi preso por rapto, ameaça, danos e maus-tratos. Agora quem decide o futuro dele é a justiça. O que é certo é que o Google Maps salva vidas, até quando nos ajuda a chegar ao destino sem problemas de maior.

Leia também:

Google Maps tem uma grande novidade! Vai usar?

Android vs iOS – Qual é o melhor sistema operativo do mercado?

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário