Google Fotos recebe a maior revolução de sempre!


Por em

O Google Fotos recebe a grande novidade deste ano. Na prática uma das maiores atualizações que esta aplicação recebeu desde 2016. A atualização chega com alterações instantaneamente perceptíveis na interface. Logo à partida vemos que o menu hambúrguer foi removido, assim como a barra de pesquisa que ficava no topo.

Google Fotos recebe a maior revolução de sempre!

A opção de pesquisa pode agora ser encontrada na barra de navegação inferior, ao lado de outros quatros separadores: Fotos, Para si, Partilha e Biblioteca. Quando tocar no separador de pesquisa, em vez de o teclado aparecer imediatamente, primeiro surgem sugestões em várias categorias: pessoas e animais de estimação, lugares e coisas. Claramente, esta funcionalidade utiliza os algoritmos de reconhecimento de objetos da Google. É verdade que já existem há algum tempo, mas agora, ter fotos pré-classificadas ajuda-nos a encontrar mais rapidamente o que estamos a procurar. São exemplo disso, capturas de ecrã, selfies, vídeos, fotos em movimento, digitalizações e muito mais.

Google Fotos recebe

Entretanto, o separador Álbuns está ausente, mas o conteúdo pode ser encontrado na nova seção Biblioteca, que também guarda o chamado de arquivo morto, o lixo e os seus favoritos.

Outra mudança está no seletor de contas, que agora recebe configurações de Fotos, Ajuda e Feedback e uma opção para libertar armazenamento no smartphone. Aqui parece-se com a versão desta aplicação para iPhone.

Infelizmente, esta parece ser uma atualização do lado servidor e ainda só apareceu a uma pequena percentagem de utilizadores. No entanto, deverá chegar nas próximas semanas a todas as pessoas que utilizam o Google Fotos.

As outras novidades dizem respeito à produção de álbuns. Assim, com as novas funcionalidades do Google Fotos, temos acesso a um novo tipo de assinatura que oferece uma taxa mensal para imprimir as 10 melhores fotos tiradas nos últimos 30 dias. O mais interessante é que a maioria das coisas são automáticas. As fotos são selecionadas automaticamente pelos algoritmos da Google, de acordo com as diretrizes do “utilizador”. De facto, podemos definir um dos três temas para selecionar as fotos. As impressões chegarão no formato 10 x 15cm.

Embora esteja a caminho da Europa, para já, este serviço estreou-se nos Estados Unidos. Ainda está em fase de testes e custa aproximadamente 7,99 Euros por mês.

Fonte

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Featured

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

A Samsung tem a oportunidade de justificar o preço do Galaxy S20!

O iPhone é caro e só tem 4GB de RAM. Então, porque é que vende tanto?

Seguinte