Google Chrome: ative as legendas automáticas em qualquer vídeo!

Já lhe aconteceu estar numa situação em que está a ver um vídeo, mas por algum motivo não pode colocar o som demasiado alto e não percebe nada do que estão a dizer? Então a nova função de legendas automáticas do Google Chrome vai dar muito jeito. Lançada recentemente transforma o som de qualquer vídeo em legendas. Vamos então explicar-lhe como tem de fazer para conseguir utilizar esta função.

Google Chrome: ative as legendas automáticas em qualquer vídeo!

Clique nos três pontos que se encontram no canto superior direito. Depois escolha a opção definições.

Google Chrome legendas

Do lado direito clique na seta à frente de avançadas para mostrar o resto do menu. Aí verá uma opção que diz acessibilidade. É mesmo aí que tem de dar um clique.

Google Chrome legendas

Agora dentro desse menu tem desativada a opção legendas instantâneas. É só recorrer ao botão deslizante para ativar. Como vê nada mais fácil. Nessa altura são transferidos os ficheiros de reconhecimento de voz.

Google Chrome legendas

Entretanto carregando em preferências das legendas é possível definir o formato das mesmas. De facto nada mais simples. Acredite que isto vai dar muito jeito em determinadas situações.

Já que falamos do Chrome a Google está a trabalhar rapidamente para corrigir uma falha perigosa no Chrome. Na prática pode permitir que executem aplicações no computador e lancem ataques. É por esse motivo que a Google lançou o alerta para utilizadores do Chrome no Windows e Mac!

Google alerta utilizadores do Chrome no Windows e Mac!

Esta vulnerabilidade está presente no Blink. O motor do Chrome pertencente ao projeto Chromium. Resumidamente, é a parte responsável por converter código em tudo o que vemos quando visitamos uma determinada página na Internet.

A falha que já tem atribuído o código CVE-2021-21193 tem uma classificação de 8.8 em 10 na escala de vulnerabilidades. Isto significa que tem bastante gravidade como refere o site Threathpost.

Google Chrome legendas

Para que a vítima caia neste ataque apenas tem de visitar uma determinada página. Isto é algo muito fácil de se fazer. Sobretudo porque os emails desenvolvidos para enganar as pessoas estão cada vez mais sofisticados.

Neste momento não há muito mais informações. Tudo porque a Google não quer que mais pessoas se apercebam deste problema e o possam explorar.

O que posso fazer enquanto não sai uma correção?

Bem, é ter o dobro do cuidado nos sites que visita e sobretudo não cair nos esquemas que chegam por email. Não visite nada que lhe possa parecer suspeito!

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também