Google Authenticator: nova ameaça rouba os códigos de segurança


Por em

Uma variante do Trojan bancário “Cerberus” é capaz de interpretar os códigos gerados pela aplicação de autenticação de dois fatores Google Authenticator. Um dos sistemas 2FA mais utilizados no sistema operativo Android.

Google Authenticator: nova ameaça rouba códigos de segurança

A autenticação de dois fatores é uma das formas mais seguras de fazer login numa conta online. Se a aplicação que gera os códigos puder estar instalada num smartphone ao invés de estar à espera que chegue uma mensagem SMS tudo é melhor e mais rápido. É que deste modo não é necessário o envio de mensagens (que podem ser potencialmente interceptadas). Infelizmente para a Google, a sua aplicação 2FA está agora vulnerável a malware.

De acordo com uma informação publicada recentemente pelos investigadores de segurança da Threatfabric, uma variante do trojan bancário “Cerberus” conseguiu, em janeiro passado, detectar os códigos gerados pelo Google Authenticator e explorá-los para fins maliciosos. Para conseguir isto, o malware tira proveito das funcionalidades de acessibilidade do Android.

Google Authenticator:

“Ao abusar dos privilégios de acessibilidade, esse malware pode agora roubar códigos 2FA a partir do Google Authenticator. Quando iniciamos a aplicação, esta ameaça pode obter o conteúdo da interface e enviá-lo a um servidor de comando e controlo” refere a empresa de segurança.

A Threatfabric revelou que esta nova funcionalidade do Cerberus não parece estar a ser comentada em muitos fóruns frequentados por hackers. Isto sugere está atualmente numa fase de testes. E, portanto, pouco (ou não) explorado. No entanto, pode representar uma grande ameaça para muitos serviços que utilizam a identificação de dois fatores, seja simplesmente fazendo login na conta do Twitter ou da Google … ou em serviços bancários.

Devido ao modo como funciona, o malware pode finalmente interagir também com outras aplicações 2FA que não o Google Authenticator. É, portanto, da responsabilidade da Google, fortalecer as proteções do Android o mais rapidamente possível contra este tipo de ameaça.

Procura informações sobre o Google Fotos? Veja aqui.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Featured

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

O DualShock 5 vai ter um ‘Power Bank’ para carregamento rápido

Galaxy S8 e Note 8 não têm mesmo direito ao Android 10!

Seguinte