Gama média Samsung a começar nos 379€. É demasiado?

É inegável que a gama média Android, na realidade a única gama média do mundo mobile visto que a Apple apenas lança smartphones de gama alta, está hoje em dia bastante mais cara, e talvez pior que isso, muito menos interessante.

Longe vão os tempos em que poderia encontrar um aparelho incrível a 200€ ou 300€, com capacidades muito similares à de um aparelho de gama alta.

Porém, em 2024, é também inegável que as fabricantes perceberam que já não é possível continuar a reciclar designs e listas de especificações para tentar vender este tipo de aparelho.

Sendo exatamente por isso que a Xiaomi apostou muito e bem nos Redmi Note 13, uma gama de aparelhos que começa perto dos 200€ e vai até aos 550€, sempre com propostas muito interessantes para o preço que podemos ver na etiqueta. Além da Xiaomi, a Nothing também apostou pela primeira vez no verdadeiro mercado de gama média, ao lançar um Phone (2a) com caraceterísticas técnicas muito interessantes, bem como um design muito fora da caixa, por “apenas” 349€.

Então… e a Samsung? Bem, a estratégia da Samsung foi um pouco diferente.

- Advertisement -

Gama média Samsung a começar nos 379€. É demasiado?

Portanto, como deve imaginar, a Samsung é que mais vende aparelhos de gama média, ao conseguir retirar vantagem da filosofia de design única que podemos ver em toda a gama de aparelhos Galaxy, isto ao mesmo tempo que vai levando algumas das características da sua super desejada gama alta, à sua mais acessível gama média, tudo isto de forma um pouco lenta, mas ainda assim consistente.

O que mudou em 2024?

Bem, com consumidores mais exigentes, e alternativas de qualidade no mercado, a Samsung decidiu mudar um pouco a sua estratégia com os Galaxy A35 e Galaxy A55.

Ambos os aparelhos chegam assim ao mercado ligeiramente mais caros. Mas, com uma maior qualidade de construção ao serem baseados em materiais de qualidade como é o vidro e o alumínio. Temos também módulos traseiros mais evoluídos e capazes. Ecrãs OLED de grandes dimensões mais brilhantes e com margens bastante mais reduzidas.

Talvez mais importante que tudo isto, temos também um aumento das capacidades técnicas, com maiores níveis de performance, e também mais funcionalidades inteligentes.

A questão é… Isto chega? Ou dar 379€ por um Galaxy A35 e 479€ por um Galaxy A55, ambos com 128GB de capacidade de armazenamento, é um exagero em 2024? A entrada no ecossistema Galaxy compensa? Ou há alternativas melhores? Partilhe connosco a sua opinião na caixa de comentários em baixo.

 

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.