Galaxy S25 vai ter mais IA Google. De borla? Ou não?

A inteligência artificial que apareceu primeiramente nos smartphones Pixel 8 da Google, e mais tarde nos Galaxy S24 da Samsung, têm feito mexer um pouco o mercado. Por isso, como é óbvio, com o aumento das capacidades do hardware, e cada vez mais informação no lado das fabricantes para criar mais e melhores funcionalidades baseadas em inteligência artificial, a aposta só vai aumentar de tom nos próximos tempos.

É exatamente por isso que a Samsung quer fortalecer ainda mais a parceria com a Google, de forma a oferecer aparelhos realmente diferentes, cheios de IA até à ponta dos seus microchips.

- Advertisement -

Galaxy S25 vai ter mais IA Google. De borla? Ou não?

s23 ultra, s24 ultra, samsung

Portanto, depois do sucesso dos Galaxy S23, Galaxy S24, e aparentes mudanças aos novos Galaxy S25, é inegável que as expetativas estão a subir de forma muito rápida para começar a perceber o que a Samsung está a desenvolver atrás de portas.

Dito isto, enquanto a parte do design é ainda uma incógnita, tudo indica que a Samsung vai apostar um pouco mais no processamento de IA local. Especiamente nos processadores próprios Exynos 2500, que devem contar com um pedaço de hardware da própria Google.

Mais concretamente, o novo Exynos 2500 vai ter um TPU (Tensor Processing Unit) desenhado pela Google.

O que é um TPU?

O TPU é essencialmente a parte do SoC que lida com as tarefas baseadas em IA. Parecido à forma como o GPU (unidade de processamento gráfico) lida com os efeitos visuais num jogo.

Qual é a vantagem? Como deve saber, a Samsung anda a aproveitar servidores na Cloud para dar vida ao seu sistema de IA. Porém, quanto mais processamento de IA um telemóvel conseguir fazer localmente, mais rápida será a experiência e menos dados terão de ser enviados para a nuvem.

Isso significaria que a Galaxy AI a bordo do Galaxy S25 seria ainda mais impressionante do que já é, pelo menos em teoria.

Pagar ou não pagar? Eis a questão!

Como deve saber, a Samsung deixou bem assente que o Galaxy AI seria gratuito durante 1 ano. Não especificando se essa oferta seria prolongada no próximo ano, ou se a gigante Sul Coreana quer começar a rentabilizar “já” o investimento que tem feito em servidores.

Porém, na minha opinião, é ainda muito cedo para começar a pedir dinheiro por este tipo de capacidade. A inteligência artificial no smartphone ainda tem muito que crescer e evoluir. Se a Samsung, e outras fabricantes, começarem já a pedir dinheiro… Ninguém vai querer saber.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.