Furby: Ainda se lembra do brinquedo? O que aconteceu?

Ainda se lembra da loucura que foi, quando o Furby chegou ao mercado Português no distante ano de 1998? No meu caso, lembro-me perfeitamente de ter os meus 7 ou 8 anos, ir ao Toy’R’Us do Colombo, e simplesmente não existir um único exemplar na prateleira. (Acabei por encontrar um perdido, numa outra zona da mesma loja. Que provavelmente tinha sido abandonado por ter caído, ou por ter, visto que NUNCA se calava.)

Dito isto, da mesma forma que apareceu, o Furby também rapidamente desapareceu… Sabe porquê?

- Advertisement -

Furby: Ainda se lembra do brinquedo? O que aconteceu?

furby

“Tell me a Story”! Era o que os Furbys diziam, na sua própria língua, quando se metiam connosco, fosse a falar incessantemente, ou a tentar morder os nossos dedos. Por vezes, ambas as situações, a meio da noite.

Um brinquedo que fez um brutal sucesso no final dos anos 90, mas que hoje em dia, parece um boneco simplesmente assustador, para quem ainda tem um exemplar em casa.

Caso não saiba, no ano de lançamento (final de 1998) foram vendidos quase 2 milhões de Furbys, e até 1999, a Tiger Electronics já tinha conseguido vender o incrível número de 14 milhões de unidades. Até 2001, foram vendidos mais de 40 milhões de unidades deste pequeno robô peludo.

Porquê todo este sucesso? Bem… É simples… O Furby deveria ser muito mais que um simples boneco falante. Ou seja, o Furby tinha o grande objetivo de ser o primeiro brinquedo smart, ao conseguir aprender com os seus danos, chegando ao ponto de falar a nossa própria língua.

Curiosamente, esta aprendizagem até resultou em alguns Furbys a repetir os palavrões que ouviam à sua volta.

O que aconteceu para o desaparecimento?

Bem, além das muitas teorias da conspiração, de que o brinquedo era capaz de gravar as conversa à sua volta. (A NSA chegou a banir o brinquedo em algumas regiões Norte-Americanas).

A verdade é que o Furby era chato… Muito chato, e a única maneira de o calar era apenas uma… Tirar-lhe as pilhas. O que aos olhos das crianças, era basicamente matar o boneco.

Voltou, e vai voltar, várias vezes!

Entretanto, o Furby até tentou voltar ao mercado várias vezes, com versões com outros nomes, e em 2005, até chegou a existir uma versão que era basicamente o 2.0 do modelo original. Mas a insistência em cortar a comunicação com os modelos originais, e o facto de que as novas versões eram na sua essência… Mais do mesmo… Acabou por “matar”, ou pelos menos afastar o brinquedo das listas de natal das novas gerações de crianças.

Mas, até quando já parecia ter desaparecido, o Furby foi capaz de voltar, especialmente nos últimos anos, como foi o caso de um modelo com olhos LCD em 2012, e mais recentemente, em 2016, com o Furby Connect. Será que é uma questão de tempo até o Furby voltar? Com alguma vingança nos seus olhos? Uma espécie de Westworld real, mas um pouco mais fofinha?

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Ainda tem um Furby em casa? Funciona? Já viu quanto vale? 

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.