Fritadeiras de ar quente causam cancro! Facto ou mito?

Uma vez que as fritadeiras de ar quente são um equipamento cada vez mais utilizado nas cozinhas portuguesas têm surgido algumas questões pertinentes. Uma delas e que tem alguma lógica relaciona as fritadeiras de ar quente com o surgimento de cancro. Uma vez que as Air Fryers requerem tempos de cozedura mais longos do que as fritadeiras, há alguma preocupação de que o teor de acrilamida dos alimentos acabe por ser mais elevado do que produtos fritos nas fritadeiras tradicionais. Mas será mesmo assim?

Fritadeiras de ar quente causam cancro! Facto ou mito?

Em primeiro lugar vamos começar por olhar para a forma como funcionam as fritadeiras de ar quente.

Os fabricantes conceberam as Air Fryers para garantirem uma forma mais saudável de cozinhar alimentos fritos. Uma vez que as fritadeiras de ar requerem uma fração do óleo do que as outras precisam, as pessoas podem ter uma refeição mais saudável que tenha sabores e texturas semelhantes.

Air Fryers saudáveis

Isto é desejável, uma vez que a redução da ingestão de óleo pode ser extremamente benéfica para a saúde de uma pessoa. Os cientistas associaram a ingestão de gordura do óleo vegetal a uma variedade de condições de saúde, incluindo, mas não se limitando a um risco aumentado de doenças cardíacas e taxas mais elevadas de inflamação.

- Advertisement -

Como funcionam?

As Air Fryers funcionam circulando ar quente em torno de um item alimentar para criar a mesma crocância que encontramos nos alimentos fritos tradicionais.

Ao utilizarem apenas 1 colher de sopa de óleo de cozinha em vez de várias chávenas, uma pessoa pode produzir resultados semelhantes aos que faria com uma fritadeira com uma fração da gordura e calorias.

Os investigadores afirmam que as fritadeiras de ar utilizam ar aquecido que contém gotículas de óleo finas para tirar a humidade dos alimentos. O resultado é um produto que tem características semelhantes aos alimentos fritos, embora com níveis significativamente mais baixos de gordura.

fritadeira a ar, Air Fryers saudáveis

Como muitos outros métodos de cozedura, o fluxo de ar desencadeia uma reação química que melhora a cor e o sabor dos alimentos fritos pelo ar.

Os benefícios

Quando usadas corretamente, as fritadeiras de ar oferecem muitos benefícios:

Ajuda na perda de peso

Uma maior ingestão de alimentos fritos tem ligações diretas com maior risco de obesidade. Isto porque os alimentos fritos tendem a ser ricos em gordura e calorias. A utilização de alimentos filtros pelo ar e a consequente redução da ingestão regular de óleos pouco saudáveis podem promover a perda de peso.

Mais seguras do que fritadeiras tradicionais

As fritadeiras tradicionais implicam aquecer um grande recipiente cheio de óleo a escaldar. Isto pode representar um risco para a segurança. Por outro lado as fritadeiras de ar aquecem, mas não há risco de derrame, salpicos ou acidentalmente de tocar em óleo quente.

Fritadeiras de ar reduzem o risco de formação de acrilamida tóxica

Fritar alimentos em óleo pode causar o desenvolvimento de compostos perigosos, como a acrilamida. Este composto forma-se em certos alimentos durante métodos de cozedura de alto calor, tais como fritar.

De acordo com a Agência Internacional de Investigação do Cancro, a acrilamida pode ter ligações ao desenvolvimento de alguns cancros, incluindo cancro endometrial, ovário, pancreático, mama e esófago. Com a utilização das Air Fryers é possível reduzir isto.

Os efeitos adversos

Não garantem uma dieta saudável

Apesar de garantirem opções alimentares mais saudáveis do que fritadeiras tradicionais, substituir todos os alimentos fritos por alimentos fritos pelo ar não garante de forma alguma uma dieta saudável. Para uma saúde ideal, as pessoas devem focar-se numa dieta repleta de vegetais, frutas, cereais integrais e proteína magra.

Mas afinal as fritadeiras de ar quente podem causar ou não cancro, especialmente comparativamente às tradicionais?

Um estudo de 2020 que analisou as Air Fryers face às fritadeiras tradicionais revelou que a fazer, por exemplo, panados de frango na Fritadeira de Ar quente reduz muito a quantidade de acrilamida que se formam na fritura tradicional. Para além disso a fritura a ar também resultou numa menor formação de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos. Ou seja, o perigo é muito menor face às fritadeiras tradicionais.

Mas se ainda está preocupado saiba que um estudo diferente descobriu outro facto curioso. Cozinhar batatas pré-fritas na Fritadeira de Ar quente, leva a uma produção de acrilamida 90% menor do que nas fritadeiras tradicionais.

Ou seja os riscos de cancro são muito menores com a utilização de uma Air Fryer.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.