Frame rate e motion rate: não se engane na compra de uma TV!

Atualmente, comprar um televisor ou um monitor pode parecer fácil, mas não é. Não só há uma tonelada de modelos com especificações diferentes disponíveis, como também há alguma confusão deliberada criada pelos fabricantes de televisores devido ao jargão de marketing que se interpõe entre as especificações tecnológicas normalizadas. Assim, especialmente entre os termos frame rate e motion rate não se engane na compra de uma TV!

Frame rate e motion rate: não se engane na compra de uma TV!

O exemplo mais importante desta situação é a enorme quantidade de números a que é necessário prestar atenção ao comprar um televisor. Para começar, surge a resolução, que, pelo menos no caso dos televisores, não tem sido objeto de confusão. Isso significa que sabe exatamente qual a resolução que está a obter quando compra um televisor Full HD, 4K ou 8K. No caso dos monitores, as resoluções variam muito, mas pode procurar essa especificação e descodificar facilmente o número real.

Frame rate e motion rate

O valor seguinte mais importante é a taxa de atualização. É onde começa a confusão geral. Ao longo dos anos, as marcas de televisores começaram a falsificar os números da taxa de atualização e a confundir os compradores, fazendo marketing cruzado com a taxa de movimento. A maioria dos compradores não se apercebe de que o frame rate e o motion rate são duas coisas diferentes. Eis como as duas são diferentes.

O que é a taxa de atualização?

Toda a confusão começa com a taxa de atualização, que é uma métrica importante que é mal compreendida e deturpada. A taxa de atualização é um parâmetro fundamental de todos os ecrãs. Em termos simples, é o número que indica quantas vezes por segundo um ecrã se atualiza para apresentar uma imagem em movimento. Para apresentar uma imagem em movimento, um ecrã tem de desenhar uma nova imagem muito rapidamente e a taxa de atualização é a frequência com que o ecrã pode apresentar uma nova imagem.

A taxa de atualização é medida em hertz (Hz), uma vez que se trata de um número de frequência relacionado com o número de actualizações por segundo. Quanto mais elevada for a taxa de atualização de um ecrã, mais rapidamente será capaz de desenhar o fotograma seguinte, fazendo com que a imagem pareça mais suave.

Atualmente, existe uma grande variedade de taxas de atualização disponíveis nos ecrãs, o que faz com que seja a segunda métrica mais importante a ter em conta. Se estiver à procura de um televisor ou monitor para jogos, quanto maior for a taxa de atualização, melhor, desde que o PC ou a consola a que está ligado possa suportar a saída. Para fins gerais, esta não é bem a regra a seguir e depende das taxas de fotogramas do conteúdo que pretende reproduzir no seu televisor.

O que é o frame rate?

A taxa de atualização é a rapidez com que um ecrã pode ser atualizado para apresentar uma imagem em movimento. No entanto, para poder tirar o máximo partido desta taxa de atualização, é necessário que o conteúdo tenha uma taxa de fotogramas próxima da taxa de atualização. Basicamente, qualquer imagem em movimento que seja apresentada no ecrã terá uma frequência de apresentação de uma nova imagem. Estas imagens são designadas por fotogramas e a frequência com que estas imagens aparecem num segundo é designada por taxa de fotogramas. É medida em fotogramas por segundo, ou fps.

bravia, sony

Mas espere: A taxa de atualização e a taxa de fotogramas são ambas frequências de imagens apresentadas num segundo, por isso qual é a diferença entre as duas? A taxa de atualização é uma especificação de hardware, o que significa que o painel de visualização do seu televisor ou monitor tem de a suportar. Por outro lado, a velocidade de frames é um atributo do conteúdo que vai reproduzir, como um ficheiro de vídeo ou um jogo. Naturalmente, no caso dos jogos, a velocidade de fotogramas depende da potência do hardware do computador ou da consola de jogos. Depende do hardware do computador e não do monitor ou do televisor ligado ao computador ou à consola.

Assim, se pretender reproduzir um ficheiro de vídeo com uma taxa de fotogramas elevada, o ficheiro de vídeo terá de ter uma taxa de fotogramas elevada. Se quiser jogar um jogo com uma velocidade de fotogramas elevada, terá de ter um PC ou uma consola capaz de o executar a alta velocidade de fotogramas e de suportar a saída de visualização adequada. Além disso, necessita de um televisor ou monitor com uma taxa de atualização elevada para se ver corretamente o conteúdo de alta velocidade de fotogramas.

O que é Motion Rate?

As taxas de atualização e o frame rate são conceitos geralmente simples. A confusão que ocorre relativamente a estas especificações deve-se a algo chamado taxa de movimento. A taxa de movimento é uma caraterística comum que tem muitos nomes diferentes porque cada marca tem um nome diferente para esta caraterística.

O Motion Rate não é mais do que uma melhoria de software que utiliza várias técnicas para falsificar a velocidade de atualização do televisor. Quando se ativam os melhoramentos da taxa de movimento, o resultado final é uma imagem mais suave, com um aspeto muito caraterístico e falso, que se distingue de um televisor com uma taxa de atualização elevada, frequentemente designado por efeito de suavização do movimento. Ao mesmo tempo, pode ser um meio-termo aceitável para os utilizadores. Isto para os que pretendem uma imagem mais suave sem terem de gastar mais com as capacidades do hardware.

box de TV para ver IPTV, Dispositivos de Streaming

Entretanto estas taxas de atualização falsas chegam com nomes diferentes por marcas diferentes. Assim normalmente comercializam-se de forma a que o comprador médio pense que está a ver uma taxa de atualização suportada por hardware. A taxa de movimento é quase sempre um múltiplo da taxa de atualização real do ecrã, frequentemente 2x, 4x ou mesmo 8x.

Eis os nomes de marcas comuns para o mesmo:

Hisense – Motion Rate, 2x ou 4x a taxa de atualização real

LG – TruMotion, 2x a taxa de atualização real

Samsung – Motion Rate/Clear Motion Rate, 2x a taxa de atualização real

Sony – Motionflow XR/X-Motion Clarity, 4x ou 8x a taxa de atualização real

TCL – Clear Motion Index (CMI)/Natural Motion, 4x a taxa de atualização real

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.