(Especial) Formatos diferentes para imagens diferentes. Porquê?

Formatos de Imagem na Internet – Como já deve ter percebido, na Internet, temos vários tipos de formatos de imagem. Aliás, a mesma imagem pode ser guardada em vários formatos diferentes, o que consequentemente poderá afetar o seu tamanho, qualidade, resolução, etc… Mas porquê tanto formato? Como é que este sistema funciona?

(Especial) Formatos diferentes para imagens diferentes. Porquê?

de imagem

Portanto, a grande maioria das imagens digitais são armazenadas no formato JPEG (JPG). No entanto, se por ventura tentar fazer download de uma imagem na Internet, é muito provável que o formato salvo seja o WebP da Google. Entretanto, também deve conhecer o .png, o .bmp e claro, o .gif, o formato reservado para imagens animadas, que nos últimos tempos tem feito grande sucesso nas redes sociais.

Tudo isto levanta uma questão… Para quê tantos formatos de imagem diferentes? Bem, vamos falar dos mais comuns.

1. JPEG

O formato JPEG foi criado em 1992, sendo mais conhecido como JPG em versões mais antigas do Windows. O seu objetivo é armazenar imagens digitais de forma eficiente, poupando o máximo de espaço possível, ao mesmo tempo que é capaz de reter as cores da captura.

Para isto, o formato grava blocos de pixéis (8×8) em vez de todos os pixéis capturados pelo sensor. O resultado final resulta numa imagem agradável, mas com perda visível de imagem numa aproximação significativa. É o formato mais popular do mundo da fotografia digital. Mas não é o formato mais indicado para edição de imagem.

2. PNG

Conhecido como “ping” o formato “Portable Network Graphics” foi anunciado em 1995 com o grande objetivo de roubar o lugar ao GIF, mas acabou por ser mais um substituto ao BMP (Bitmap).

A ideia do PNG é oferecer compressão lossless, apostando na repetição de padrões para poupar espaço. Curiosamente também suporta transparência. É um formato popular para edição de imagem.

3. GIF

Em suma… Animações simples na Internet! O GIF (Graphics Interchange Format) foi introduzido em 1987 com o grande intuito de popularizar imagens animadas na Internet. Como é que isto acontece? Bem, o GIF mete várias imagens num único ficheiro, criando basicamente aquilo que é um vídeo embebido.

Dito tudo isto, apesar de ser basicamente um vídeo, é um formato extremamente eficiente no uso de espaço em disco. tudo porque em vez de utilizar toda a palete de cores do espaço RGB (16.7 milhões de cores), contamos apenas em 256 cores.

4. WebP: O futuro da Internet?

O formato WebP foi oficialmente anunciado pela Google em 2010, com o grande objetivo de substituir o GIF, JPEG e PNG, ao trazer para cima da mesa algoritmos mais avançados de forma a manter toda a qualidade de imagem, ao mesmo tempo que se poupava espaço em disco.

Em suma, é um formato que está a ganhar muita popularidade na Web, o que obviamente se deve ao sponsor de ter a Google por detrás da tecnologia.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Aprendeu alguma coisa? Tem dúvidas? Partilhe connosco todas as questões nos comentários em baixo.

 

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Audi Q4 e-Tron: Um 100% elétrico cheio de confiança

Q4 e-Tron: A Audi tem sido uma das fabricantes que mais tem apostado no segmento dos carros eletrificados, especialmente nos 100% elétricos, algo que...

Jogador do Benfica é um dos melhores em FIFA 22! Mas quem?

O FIFA 22 está quase a ser lançado no mercado! Assim, depois de ter revelado o Overall dos vários jogadores do novo capítulo do...

Ator da Netflix passou-se com os fãs! “Mal educados!”

Tendo em conta que a Netflix é um verdadeiro mar de projetos de grande sucesso acaba por ter muita atenção por parte de vários...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!