Ford planeia utilizar plataforma MEB da VW no seus elétricos!

Outrora grandes rivais, a Volkswagen e Ford encontram-se agora numa aliança muito interessante, que pode ser realmente muito importante para o avanço da eletrificação no mundo automóvel. Ao fim ao cabo, a Ford está a ponderar mesmo utilizar a plataforma MEB, da VW, no seu próximo carro 100% elétrico.

Algo impensável num passado bem recente, mas que agora parece estar muito perto de ser uma realidade.

Afinal, segundo o chefe europeu da Ford, a aliança com a VW abre um caminho entusiasmante para futuros modelos EVs!

Assim, ao que tudo indica, a parceria entre as duas gigantes automóvel vai muito além da plataforma, visto que também visa a partilha de engenharia, e desenvolvimento de veículos comerciais. Aliás, a criação de vários modelos 100% elétricos da Ford pode mesmo ser baseada na plataforma do Grupo Volkswagen, que já deu vida a modelos como o ID.3 e ID.4.

Contudo, a VW já afirmou que não está a planear ceder a liderança sobre a tecnologia a ninguém.



F-150 Lightning

Ford já tem modelo em testes com a plataforma MEB!

A parceira entre as gigantes já existe há algum tempo, por isso, a Ford já está a testar um novo SUV de pequenas dimensões que deverá ficar logo abaixo do famosa Mustang Mach-e. Entretanto, a data de lançamento para o novo modelo aponta para 2023, e claro, ao contrário do Mustang, equipa a plataforma da VW.

Assim sendo, todas as informações dadas pelos chefes das empresas informam que a aliança entre ambas não está limitada e pode ser moldada por mútuo acordo. Desde que a intenção tenha como fundo o beneficio de ambas as frentes.

Curiosamente, apesar da Ford optar pela plataforma MEB, a verdade é que esta gigante também tem em mãos a sua própria tecnologia. Afinal de contas, os muito curiosos Mustang Mach-E e F-150 Lightning equipam a plataforma proprietária da Ford.

Posto isto, a Ford na Europa conta com uma grande procura não só nos modelos “comuns” mas também imenso nas frotas comerciais. Desta forma, com o acordo, ambas as empresas vão conseguir chegar ao mercado com soluções eficientes, e possíveis de produzir em massa.

O que claro está, acaba por ser positivo para o consumidor! Que além do aumento da qualidade e rivalidade entre marcas, tem mais opções no mercado, a preços mais apelativos.


Ademais, o que pensa sobre isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

mm
Silvio José
Sempre gostei de tecnologia, e em tenra idade já sonhava em construir a minha Dream Machine. Alcançado esse sonho agora o objetivo é aprender mais e mais. A minha paixão em todo o tipo de tecnologia faz-me estar sempre alerta a todas as novidades.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Processador ‘limitado’? Sim! Mas o iPad mini 6 impressiona!

Muito provavelmente devido à crise de produção atual, a Apple foi obrigada a utilizar diferentes versões do SoC A15 Bionic, nas suas diferentes gamas...

Microsoft confirmou. TPM 2.0 é obrigatório! Até nas máquinas virtuais

O Windows 11 está mesmo prestes a chegar ao mercado, visto que a sua data de lançamento já foi antecipada do 11.11 para o...

AMD vai ter placas muito mais rápidas (mas mais caras) em 2022!

Esta não é a primeira vez que vemos alguns rumores a falar acerca da nova geração de placas gráficas AMD Radeon, mas uma coisa...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!