Football Manager 2023: Música é a mesma, mas a qualidade não!

(Análise) Football Manager 2023: No mundo dos videojogos, temos sempre uns quantos jogos acusados de serem uma cópia do título do ano passado, ao trazer apenas alguns pózinhos mágicos, ou cores novas para a interface, ou vá, uma nova banda sonora.

Como deve saber, os jogos mais visados são normalmente os que têm uma nova versão todos os anos, como são os muitos jogos da EA Sports, nomeadamente FIFA, e por vezes, também Call of Duty, que segue um molde parecido, mas com o “input” de mais estúdios.

Curiosamente, Football Manager costuma conseguir fugir a estas críticas, mas… Muito honestamente, começa a ser complicado não apontar o dedo ao estúdio responsável pelo mítico FM.

Sim, existem novidades na versão de 2023, mas nada que vá mudar a sua forma como se senta no banco de suplentes virtual da sua equipa de futebol. Acha isto mau? Vamos tentar perceber!

Football Manager 2023: Troca o disco mas toca o mesmo

Portanto, se por acaso tiver a minha idade (31 anos), é muito provável que tenha perdido muitos e bons dias da sua vida, a jogar Championship Manager, ou Football Manager, nos seus tempos de adolescência. Afinal, quem nunca quis pegar no Salvaterrense desta vida, de forma a levá-lo à loucura e à glória, na liga dos Campeões, provando todo o seu valor como mestre da tática, e gestor de homens?

Pois bem, os tempos mudaram, e FM mudou e evolui ao longo dos anos. Ainda assim, é inegável que esta evolução está agora um pouco mais lenta, com a versão de 2023 a ser apenas uma refinação daquilo que já conhecíamos. Algo que levanta uma questão… É mesmo necessário revolucionar o jogo? FM sempre foi um jogo de gestão, em que o olhamos para números, para estatísticas, para níveis de desempenho, e daí, tiramos as nossas conclusões.

FM é o que é, e é por isso que é um sucesso! Dito isto, vamos ver o que mudou?

Pois bem, entre várias mexidas, temos agora temos uma ferramenta de gestão do plantel. Sendo assim possível olhar para toda a sua equipa, e fazer decisões para os próximos 3 anos. Ao mesmo tempo que também é possível fazer coisas mais rápidas, para ter um impacto também ele mais veloz e eficaz no plantel e objetivos a curto-prazo.

Em suma, uma ferramenta extremamente interessante se porventura caiu de paraquedas numa equipa que pouco ou nada conhece, ou está a regressar ao mundo de FM depois de uma sabática que já vem desde o CM 2001/2002.

Haaland é um bicho!

Além disto, é agora também possível monitorizar melhor a evolução de cada jogador, para perceber se está realmente a ajudar cada atleta a atingir o seu potencial máximo. Isto ajuda a tomar algumas decisões como empréstimos, ou claro, meter o “puto” na equipa, num jogo chave.

Ainda na parte dos jovens futebolistas, temos algumas mexidas no sistema de scouting. Não é revolucionário, mas ajuda a mudar o foco do recrutamento, e isso pode fazer toda a diferença mais à frente.

Licenças até dizer chega!

Jogar um título histórico como FM fica apenas melhor, quando temos acesso a competições devidamente licenciadas, como é o caso da Champions League, que agora tem o hino incluído no jogo, para sentir todo o hype que é entrar na liga milionário com o seu clube do coração.

Então e o jogo em si?

Bem, a experiência de jogo não muda muito, mas agora temos a promessa de treinadores rivais mais inteligentes! Por isso mesmo, conseguir bons resultados deve ser um pouco mais complicado, ou desafiante, no FM 23.

Conclusão – Vale a pena?

Bem, apesar do facto de o jogo não ser uma grande revolução face ao ano passado. A verdade é que em equipa que ganha, não se mexe, ou então, mexe-se pouco. FM 23 é um bom jogo, e é superior ao seu antecessor em alguns aspetos.

Por isso, se quer a melhor experiência, este é o jogo a ter.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? É fã de FM? Partilhe connosco a sua opinião na caixa de comentários em baixo.

Não perca nenhuma informação importante. Siga-nos no Google Notícias. Siga-nos ou clique no símbolo da estrela no canto superior direito.

REVIEW POR CATEGORIAS

Pontuação

EM RESUMO

É o melhor jogo do género. Não revoluciona, mas verdade seja dita, também não precisa de o fazer.
mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Receba a nossa Newsletter

Outros artigos

(Ensaio) Mazda MX-5: Um carro simples, mas de sonho!

(Ensaio) Mazda MX-5: Eu, como muitos de vocês, cresci...

E3 2023: Sony, Nintendo e Microsoft não querem ir

O ano de 2023 marca a altura em que...

PlayStation 5 vai ter versão Pro ou não?

É inegável que nos planos originais da Sony, existiram...

Última Hora! Jogos PS Plus de Fevereiro foram revelados!

Apesar de termos a oportunidade de acompanhar os mais...
É o melhor jogo do género. Não revoluciona, mas verdade seja dita, também não precisa de o fazer.Football Manager 2023: Música é a mesma, mas a qualidade não!