Inicio Reviews Fitbit Ionic: A pulseira clássica que acompanha os exercícios

Fitbit Ionic: A pulseira clássica que acompanha os exercícios

A Fitbit pode não ser das marcas mais conhecidas por cá. Ainda assim, distingue-se em todo o mundo pela qualidade que imprime em todos os produtos que desenvolve. É verdade que os equipamentos desta marca não são baratos, mas como se costuma dizer a qualidade tem sempre um preço. A Leak testou o Fitbit Ionic e nas próximas linhas contamos-lhe tudo.

Fitbit Ionic: O Design

O Fitbit Ionic tem um aspeto clássico para o qual contribui um design muito clean e a construção em alumínio. A aparência em geral é muito interessante, apesar de ser um tanto ou quanto geométrica. No entanto, isto não quer dizer que seja um problema, até porque existem muitos utilizadores que preferem wearables com um ar mais distinto.

Fitbit Ionic

No entanto, apesar de “clean” este dispositivo está disponível em várias cores, sendo ainda possível alterar as braceletes com muita facilidade. A bracelete que vem de base é interessante, mas para um wearable tão distinto, eventualmente merecia outra com um ar mais “premium”.

Algo que notámos é que este dispositivo tem um bom equilibrio entre tamanho e peso. Assim, é confortável no braço e não causa qualquer incómodo no dia a dia.

Fitbit Ionic

Um único botão principal à esquerda com outros dois botões à direita são os únicos controlos físico no Ionic.

Fitbit Ionic

Fitbit Ionic: O Ecrã

O ecrã tem boas cores e uma resolução que nos agradou muito. Aquando da utilização facilmente constatámos que responde muito bem ao toque. Outro aspeto interessante é a capacidade de brilho muito elevada que possibilita uma boa leitura sob luz solar direta. Isto é sem dúvida algo essencial, para um wearable cujo principal objetivo é ser utilizado fora de casa. A resistência é assegurada por vidro Gorilla Glass 3 com tudo  de bom que isso implica.

Fitbit Ionic

Fitbit Ionic: As funcionalidades

O Fitbit Ionic possui GPS embutido e é resistente à água até 50m, o que é muito interessante para quem faz mergulho. O Ionic inclui também um monitor de ritmo cardíaco Purepulse em tempo real, para que possa acompanhar de forma eficaz os exercícios. Destaca-se também a capacidade de armazenar mais de 300 músicas e ligar-se a auscultadores Bluetooth. Outro aspeto interessante é que o Ionic identifica a atividade que estamos a usar e inicia o acompanhamento de forma automática.

Fitbit Ionic

Outra das funcionalidades é a presença de um sistema de pagamento com NFC mas que cá em Portugal não servirá, para já, de muito.

O software

O sistema operativo presente neste dispositivo da Fitbit tem a capacidade de fornecer informações completas acerca de todas as atividades que o utilizador realiza, incluindo a frequência cardíaca em repouso e a atividade do sono. Quanto emparelhado com o smartphone, este dispositivo tem a capacidade de disponibilizar todas as mensagens de notificação e os alertas de chamadas.

O processo de colocar este smartwatch a funcionar e a comunicar com o smartphone é muito simples, quando corre bem. Por algum motivo não o conseguimos emparelhar com um dos smartphones da Huawei que estávamos a testar e tivemos necessidade de proceder à configuração através do Mac. No entanto com outro modelo do mesmo fabricante já foi possível, por isso poderia ser algum conflito ocasional com o Android Oreo 8.1, uma vez que com o 8.0 não ocorreu qualquer problema.

Importa salientar que este wearable dá acesso à sua própria loja de aplicações mas onde estão, para já, apenas umas poucas. No geral, o Fitbit OS que acompaha este dispositivo é fácil de utilizar e apenas faltam as muitas aplicações que podemos encontrar nos dispositivos Android ou Apple.

Conclusão

A Fitbit Ionic é uma excelente “ferramenta” para quem faz exercício. Um aspecto importante é que é também muito confortável e não incomoda nada quando estamos a dormir. Monitoriza muito bem as atividades e tem uma autonomia que pode chegar a atingir uma semana.

Fitbit Ionic

É verdade que com um preço de 299 Euros não é propriamente um smartwatch barato. No entanto, se gostam do estilo um pouco alternativo e procuram um dispositivo que garanta uma utilização simples, vai valer cada cêntimo.

Pode ser adquirido nas lojas da Phone House ou online. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

Temos dois novos Snapdragons topo de gama a caminho!

Há alguns meses atrás, tudo indicava que o mundo dos smartphones Android iria ficar ainda mais complicada do que já é! Quando chegaram os...

MWC volta em 2021? Talvez… Mas só em Junho!

A Mobile World Congress (MWC) de 2020 foi cancelada devido ao impacto do Coronovírus na nossa sociedade. Ao fim ao cabo, estamos a falar...

China apostou tudo de forma a ser independente!

Caso não saiba, depois dos últimos anos de guerra comercial com os Estados Unidos, a China decidiu começar a tomar algumas medidas drásticas para...

Disco para a XBOX S custa quase tanto como a consola!

Se já se perguntou de quanto dinheiro necessita para adicionar um disco à Xbox Series S de 512 GB ou à Xbox Series X...

Xiaomi vai apostar em monitores baratos de 240Hz e 360Hz!

Há alguns dias noticiámos que a Xiaomi estava a preparar uma nova gama de monitores com altas taxas de atualização a começar nos 145$....