Fazia mesmo falta um smartphone para jogos da Xiaomi?


Por em

A Xiaomi está a apostar em todas as áreas de negócio, sendo que a mais recente foi feita através de uma subsidiária, a Black Shark. Este novo fabricante está a desenvolver um smartphone para jogos que pretende competir com a aposta da Razer, eventualmente a um preço mais atrativo. Será que fazia mesmo falta?

smartphone para jogos da Xiaomi

Antes de respondermos a esta questão vamos olhar para alguns pormenores que segundo os rumores estarão presentes neste dispositivo. Assim e até como a Black Shark já confirmou na rede social chinesa Weibo, o dispositivo será alimentado pelo processador octa-core Snapdragon 845 de 64 bits.

A isto deverão juntar-se três variantes com diferentes capacidades de memória RAM e armazenamento. Assim, a versão mais acessível terá 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento nativa. O modelo “do meio” terá  8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento, enquanto o de topo vem com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno.

A isto deverá juntar-se a solução de carregamento rápido Quick Charge 3.0 da Qualcomm e o sistema operativo Android 8.0 Oreo.

Ao nível do software este equipamento virá com o ‘Shark Space’ que é uma aplicação semelhante ao ‘Game Center’ e que inclui otimizações para diversos  jogos diferentes.

Entretanto este dispositivo surgiu também no Geekbench e revelou uma pontuação muito interessante e alta, até para o processador Snapdragon 845. Algumas fontes afirmam que este alto desempenho deve-se a um novo sistema de arrefecimento incluído neste equipamento que mantém o processador e placa gráfica mais frescos, não existindo qualquer atraso em carga.

Agora a questão que se coloca é:

será que fazia falta mais um smartphone para jogadores no mercado?

Sem dúvida. Os fabricantes de jogos estão a olhar cada vez mais para as plataformas móveis, especialmente porque estes pequenos dispositivos estão mais potentes a cada dia que passa. Isto significa que num futuro próximo, para além de docas de gaming para ligarmos estes dispositivos à televisão e garantirem potência extra, vamos ter jogos melhorados e que poderão aproximar-se do que encontramos numa consola ou num computador.

A entrada de um novo player no mercado também vai contribuir para uma melhor relação qualidade/preço neste tipo de equipamentos e ainda levar os fabricantes de jogos a fazer mais e melhor.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Categorias Android
Anterior

Novas placas gráficas AMD Vega a caminho?

Será o Nokia 9 o grande concorrente do Huawei P20 Pro? Saiba tudo!

Seguinte