Facebook, Instagram e Twitter a caminho da loja da Huawei

A Huawei garantiu que o Facebook, o Instagram e o Twitter em breve vão chegar à AppGallery, a alternativa à Play Store. Isto faz sentido porque para seduzir os compradores ocidentais, a empresa chinesa terá de disponibilizar as aplicações mais populares no Ocidente. Atualmente, esta plataforma disponibiliza principalmente aplicações destinadas aos consumidores chineses, a maioria desconhecida para utilizadores de outros países.

Facebook, Instagram e Twitter a caminho da loja da Huawei

Privada da licença Android desde maio de 2019, a Huawei acelerou o desenvolvimento da sua alternativa aos serviços da Google, ou seja, os Serviços Móveis da Huawei. Esse conjunto de aplicações inclui, por exemplo, o Huawei Browser. Temos também o Huawei Cloud, o Huawei Wallet e o AppGallery, a loja de aplicações destinada a substituir a famosa Play Store. Disponível na China há vários anos, a AppGallery ainda oferece pouco conteúdo destinado a utilizadores fora da China.

Instagram e Twitter

De facto, ainda faltam várias aplicações americanas ultra populares: Facebook, Instagram e Twitter. É que o decreto de Trump proíbe efetivamente a empresa de utilizar as tecnologias americanas nos seus novos smartphones. No entanto, parece haver um truque para estas apps chegarem à plataforma da Huawei.

Entrevistado à margem da conferência na segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020, Richard Yu, CEO da unidade móvel da Huawei, garantiu que o Facebook, Instagram e Twitter em breve estarão disponíveis na AppGallery. No entanto, o responsável não especificou quando é que estas famosas aplicações americanas estarão na loja, relata o site GadgetMatch.

É que sem estas aplicações famosas, a Huawei teria problemas para convencer os utilizadores ocidentais a colocarem várias centenas de Euros num smartphone privado dos serviços da Google. Apesar de tudo, a Huawei já se orgulha de ter “uma das três principais lojas de aplicações do mundo, dando resposta a mais de 600 milhões de utilizadores de dispositivos Huawei em mais de 170 países.

Resta agora sabermos qual o truque que a Huawei tem na manga para trazer estas apps para a sua loja de aplicações.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

O IKEA vai (finalmente) começar a vender mobília ASUS ROG

Há cerca de um ano, o IKEA e a ASUS juntara-se numa parceria muito interessante, que deveria dar origem a uma extensa gama de...

Cabos caros? Para quê? Bem… A ASUS tem agora um cabo ROG!

Existe todo um submundo focado nos cabos caros, que claro está, de forma a justificar o seu preço, prometem uma performance superior aos "cabos...

Google Calendar: o calendário acaba de ganhar uma novidade!

A Google está a levar o design Material You a várias aplicações, mas ao mesmo tempo está a fazer muito mais do que isso....

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!