Fabricantes de telemóveis Android podem estar a mentir!

60776
2
Share:

Como devem saber, a maior parte dos telemóveis Android são bastante lentos a receber as actualizações do sistema operativo. A título de exemplo apenas 1.1% dos telemóveis com o SO da Google têm a versão mais recente, o Android Oreo.

Android Segurança

No entanto parece que o problema não reside apenas aqui, visto que a empresa de investigação ‘Security Research Labs’ afirma que vários fabricantes de telemóveis Android andam a mentir aos utilizadores acerca das actualizações de segurança.

Os investigadores ‘Karen Nohl’ e ‘Jakob Lell’ analisaram 1200 aparelhos Android durante 2 anos, para perceber se afinal estes tinham ou não instalado as correções de segurança que o sistema operativo dizia.

Foi assim que descobriram que muitos aparelhos têm um “espaçamento de correções” em que o sistema operativo do telemóvel afirma estar actualizado, mas que na realidade não está !

Estas falhas não são acontecimentos isolados !

Com 1200 telemóveis testados, de empresas diferentes como Google, Samsung, HTC, Motorola ou TCL, chegou-se à conclusão que até alguns modelos topo de gama de grandes fabricantes como a Samsung e Sony por vezes falham a instalação destes pacotes de correções.

Quer seja intencional ou não, é uma situação desagradável ! Os consumidores estão vulneráveis a várias ameaças por não terem o telemóvel actualizado, isto enquanto mantêm uma ilusão de que estão protegidos, porque o próprio aparelho garante que está actualizado.

Devido a tudo isto, esta empresa de investigação irá lançar uma ferramenta na PlayStore, chamada ‘SnoopSnitch‘ com o intuito de analisar o firmware do telemóvel de modo a perceber se existe alguma falha na instalação destes pacotes de correções de segurança.

É preciso separar o trigo do joio!

Nem todos os fabricantes falham frequentemente estas actualizações de segurança !

Em média a Google, Samsung e a Sony são bastante certinhas, falhando muito ocasionalmente. Enquanto que empresas como a ZTE e TCL falham mais, com os seus aparelhos a afirmar que têm instaladas 4 ou 5 actualizações de segurança, que afinal não corresponde à verdade.


A Google já veio a público dizer que começou uma investigação para apurar o que realmente se passa e para tentar fazer com que todos os fabricantes respeitem as actualizações de segurança, de modo a proteger a privacidade de todos os utilizadores.

Mas o maior problema aqui, talvez nem seja as falhas de segurança porque se os fabricantes por uma razão ou outra não conseguem implementar as actualizações, pelo menos que avisem os consumidores disso mesmo !

Fonte




Share:
Nuno Miguel Oliveira

2 comments

O que acha disto?