Esta raia robótica é feita de células vivas


Por em

Assustador ou fascinante? Um grupo de cientistas de Harvard criou uma raia capaz de nadar, mas com um twist (ou três): ouro, silicone e células cardíacas de rato, são os três principais componentes.

A pequena raia de menos de 2cm de comprimento não tem cérebro, mas o que lhe falta em cabeça, compensa em coração. Milhares de células cardíacas de ratos foram unidas na porção inferior do corpo do pequeno ciborgue e, estimuladas por luz, geram ondulações no manto, idênticas às de uma raia verdadeira.

Desse modo, o ciborgue não só consegue deslizar pelo líquido com elegância notável, como foi concebido para seguir pulsos de luz e consegue, assim, navegar em torno de obstáculos.

A raia robótica é uma construção ao mesmo tempo complexa e simples na sua concepção: um esqueleto de ouro é embebido em duas camadas de silicone, a inferior servindo para conduzir as células alteradas em padrões musculares específicos.

Através de uma técnica chamada optogenética, estas células normais são alteradas para responder a estímulos luminosos. Mal os pulsos se activam, as raias mexem-se e seguem os pulsos conforme a sua intensidade. O líquido em que nadam tem nutrientes suspensos e isso mantém as células vivas ao longo de várias semanas, dando ao robô aquilo que poderemos chamar de durabilidade.

O que podemos aprender com tudo isto? Kit Parker, engenheiro biológico que liderou a equipa em Harvard, destaca o conhecimento conquistado quanto ao modo como certos tipos de musculatura cardíaca podem direccionar e fazer fluir líquidos ao seu redor, um passo fundamental para criarmos corações artificiais feitos de material vivo.

Mas num mundo que procura modos de nanomáquinas poderem viajar pelo nosso organismo e combater doenças graves, este avanço mostra novas possibilidades de propulsão.

Via Popular Mechanics

Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Microsoft disponibiliza nova build de testes do Windows 10

Kanguru simplifica tarifários e oferece internet sem limites durante o verão

Seguinte