(Especial) Motores a gasolina e gasóleo não vão desaparecer tão cedo!

O mercado automóvel está cada vez mais virado para os veículos 100% elétricos, bem como as muitas soluções híbridas que já existem em muitos modelos das mais variadas fabricantes.

No entanto, apesar da enorme evolução elétrica, a opinião geral continua a ser que os motores a combustão vão acompanhar-nos ainda durante muito tempo! Com muitos pontos positivos a seu favor.

Primeiramente temos o tamanho das baterias ou o volume necessário para guardar energia! Infelizmente, é um dos problemas que ainda está longe de ser resolvido…


Apesar de que os motores elétricos serem cada vez mais eficientes, e na verdade oferecerem muitos benefícios, o “problema” das baterias ocuparem imenso/demasiado espaço e serem extremamente pesadas, faz com que a solução ainda esteja muito longe de ser a ideal para a maioria dos utilizadores. Ao fim ao cabo, é preciso aumentar a autonomia, por isso é preciso meter maiores baterias… Mas isto também aumenta o peso, o que diminui a autonomia! É um equilíbrio frágil, que precisa de novas tecnologias em cima para realmente ‘explodir’.

carro elétrico

Atualmente, a aplicação ideal dos motores elétricos são os automóveis utilitários!

Em suma, hoje em dia já é possível encontrar boas ofertas no mercado deste tipo. Algumas capazes até são capazes de envergonhar muitos super-carros com motores a combustão. Ainda assim, tenha em conta que a intenção é descobrir onde os motores “tradicionais” ainda são muito viáveis.

Poderá ver este vídeo que ajuda a compreender toda a questão do volume/peso/tamanho das baterias, clique aqui.

Alguns exemplos disto mesmo são:

O transporte de mercadorias pesadas!

Sim… apesar de existirem soluções para isto, como o camião apresentado pela Tesla há alguns meses, a verdade é que existem alguns pormenores a serem discutidos. Um deles é o peso! É que na maior parte dos países, existe um peso máximo que tanto a mercadoria como o camião podem atingir.

Dito isto, todo o enorme peso extra que as baterias vão adicionar, será peso a menos que o camião poderá transportar para o seu destino. O que acaba por negar a grande vantagem do transporte de bens.



Transporte aéreo!

Aqui o problema é também o peso das baterias que irá tornar tudo desde a descolagem até à aterragem, uma missão mais complicada. Além disto, temos de falar uma vez mais do espaço que as mesmas ocupam.

Resumidamente, teriam de substituir todos os passageiros por baterias e mesmo assim o avião não iria ter uma autonomia muito satisfatória…

carros elétricos Tesla

Infelizmente, nas grandes cidades ainda existem grandes dificuldades em manter um carro 100% elétrico!

Afinal de contas, se por acaso tiver garagem própria ou carregadores na sua zona, poderá ficar descansado. No entanto, isto não acontece em todo o lado e ainda existe alguma dificuldade neste campo, especialmente para quem vive em apartamentos.

Meio Ambiente, uma das razões pelo enorme investimento nos carros elétricos!

Os carros elétricos poluem menos em relação aos veículos tradicionais?

Existem estudos que afirmam que sim, mas também muitos outros que não… Ao fim ao cabo, todos os estudos indicam que a produção de um carro elétrico, nomeadamente das suas baterias, equivale ao uso normal de um carro a combustão durante pelo menos 10 anos.



Ora bem, aqui muitos afirmam que as baterias têm a capacidade de ser recicladas no final de vida, o que compensará tudo isto. No entanto, a realidade é que o processo de reciclagem ainda não está muito definido, devido ao facto de cada fabricante usar um tipo diferente de bateria para conseguir o melhor desempenho.

A questão aqui é a evolução de tanto os motores a combustão como os motores baseados na tecnologia elétrica. Se tudo correr bem, vamos mesmo chegar a um ponto em que os novos carros elétricos irão apresentar argumentos suficientes para meter os carros a combustão. No entanto, essa altura ainda não chegou, nem sabemos quando irá mesmo chegar.

Ademais, qual a sua opinião sobre este assunto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário