AMD

(Especial) A AMD está agora mais forte, mas não idolatre a empresa! – Os ‘fanboys’ existem em quase todo o lado, no entanto, é um tema que infelizmente é muito predominante no mundo tecnológico. Nomeadamente quando falamos de rivalidades gigantescas, como é o caso da AMD vs Intel e AMD vs NVIDIA. Aliás, se é conhecedor do mundo dos videojogos, sabe muito bem como é que funciona a guerra Sony PlayStation vs Microsoft Xbox. (Onde por acaso, é a AMD quem fornece os componentes, para ambas as consolas)

Pois bem, dito isto, deve saber que a AMD não teve uns anos fáceis… Aliás, a fabricante esteve à beira da banca rota, e até vendeu as suas linhas de produção de chips, contando agora com parceiros, para conseguir lançar produtos de 7nm, como é o caso da TSMC.



Em suma, a AMD teve 10 anos, em que não conseguiu lançar um produto capaz de rivalizar com as gamas Premium da Intel e NVIDIA

AMD Ryzen

Contudo, desde que os processadores Ryzen chegaram ao mercado em 2017, as coisas começaram lentamente a mudar. E com o crescimento da empresa, tivemos também o regresso da competitividade ao mercado.



Mas com o crescimento da fabricante no mercado, vários entusiastas deste mundo tecnológico começaram a idolatrar a AMD! Aclamando Lisa Su (CEO) como a salvadora do mundo do hardware, e que claro, todas as rivais são no fundo o inimigo do utilizador.

Na verdade, muitos fãs querem que a AMD ‘destrua’ a concorrência… Mas isto é um pensamento errado 

Intel vs AMD

Nós precisamos de uma AMD saudável… Mas também de uma Intel e NVIDIA também elas saudáveis. Para que todas estas fabricantes entrem numa guerra de preços sem precedentes!

Desta maneira, em vez de termos uma RTX 2080 Ti sem rival a 1200€… Talvez seja possível ter hardware topo de gama, sem que seja necessário vender um dos nossos prezados rins.

Portanto, esperemos que a empresa faça mossa às rivais nos próximos tempos, para que tanto a Intel e NVIDIA contra-ataquem com performance, mas também com preços amigos da carteira. Assim, no fim, quem ganha somos nós, o consumidor.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.