Em 2020 vamos ter um novo SSD capaz de chegar aos 7GB/s!


Por em

Parece que 2020 vai ser o ano dos SSDs! Afinal de contas, até as consolas vão poder contar com um SSD NVMe super rápido, para acabar de uma vez por todas com os afamados tempos de loading.

No entanto, se pensa que esta é a grande novidade neste mundo… Está muito enganado! É que a fabricante Lexar está neste momento a planear uma jogada estrondosa para o próximo ano, ao lançar o SSD NVMe mais rápido de sempre, capaz de chegar às velocidades de leitura de 7GB/segundo. Ou seja, mais 2GB/s do que o SSD mais rápido atualmente no mercado.



Em 2020 vamos ter um novo SSD capaz de chegar aos 7GB/s! Mais 2GB/s em relação ao disco mais rápido do mercado em 2019

Lexar SSD

Portanto, a Lexar anda a fazer ‘tease’ a um SSD NVMe PCIe 4.0 capaz de chegar aos 7GB/s no IOMeter, ao alcançar a impressionante marca de 6442MB/s em leituras sequências no benchmark CrystalDiskMark, ao mesmo tempo que consegue uns consistentes 4246MB/s em escritas sequências.

Aliás, a própria Lexar afirma que o produto final irá chegar ao mercado capaz destas velocidades demonstradas pelo protótipo, ou até de velocidades um pouco mais altas.

Para ter noção do salto na performance, o SSD mais rápido da Lexar atualmente no mercado é apenas capaz de chegar aos 2.1GB/s em leituras sequências e 1.6GB/s em escritas sequências (Lexar NM610).

Por isso, este novo produto irá ser 3x mais rápido que o SSD topo de gama da fabricante de 2019! Estamos a falar de um upgrade gigantesco… 7GB/s não é brincadeira nenhuma.


Em 2020 vamos ter um novo SSD capaz de chegar aos 7GB/s! – Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Leia também

Ou veja mais notícias de Featured, Hardware

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

O melhor telemóvel que pode comprar em 2019? OnePlus 7T a 417€!?

Ainda não podemos pré-encomendar uma Xbox Series X? Porquê!?

Seguinte