Inicio outros EDP On TV utiliza produtos da Google a nível mundial

EDP On TV utiliza produtos da Google a nível mundial

A EDP, acaba de transferir o seu canal corporativo de televisão  – EDP On TV – para o YouTube, adotando o Google Apps for Work.  Este novo sistema permite um interface personalizado para esta ferramenta de comunicação interna como também um serviço ainda melhor e mais fiável para os 12.000 colaboradores da EDP que se encontram espalhados pelo mundo.

“Trata-se de um projecto inovador no mundo da televisão corporativa em Portugal adaptado a uma nova realidade de uma comunicação célere e flexível. Estamos muito contentes de, em conjunto com a Google, tornar este projecto uma realidade e, quem sabe influenciar outras companhias a adotarem esta estratégia num futuro próximo”, afirma Paulo Campos Costa, director global de Comunicação do Grupo EDP.

Há um ano que a EDP abordou a Google para avaliar a possibilidade do YouTube ser utilizado pela empresa portuguesa como nova forma de distribuir o seu sinal em todo mundo, utilizando o YouTube como plataforma nativa de streaming para ajudar a resolver os problemas das localizações remotas como parques eólicos, centrais eléctricas e barragens em 14 países, incluindo o Brasil, Estados Unidos, França, Roménia, entre outros.  Depois de um longo caminho e vários desafios técnicos, o novo sistema está agora em pleno funcionamento.

Também baseado na segurança, autenticação e nas tecnologias disponibilizadas pela Google, o EDP on TV também assenta no Google Apps for Work para os seus colaboradores. O Google Apps for Work é um conjunto de aplicações na nuvem que inclui o Gmail, Google Drive (partilha e armazenamento de ficheiros), Hangouts ( video conferências e chat), Documentos, Folhas de Cálculo, Apresentações, Formulários, Calendários e Sites.

Através do Hangouts – o sistema de vídeo-conferência da Google – os colaboradores da EDP podem agora interagir com a transmissão da TV, desenvolvendo assim, uma interação mais participativa e colaborativa entre todos os colaboradores independentemente de onde estiverem.

Este novo sistema vai chegar a todos os colaboradores que se encontrem no interior ou no exterior das instalações, através de várias plataformas, seja desktop, plataformas móveis ( pc portátil, smartphone ou tablet), apple TV ou smart TV. Outra inovação apresentada nesta nova plataforma é o facto da EDP utilizar o serviço IPTV na sua sede o que permite a transmissão do canal para múltiplas TVs em todo o edifício. Este sistema não só é mais fiável, como também reduz custos a nível financeiro e a nível humano. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Patricia Fonseca
Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Leia também

MIUI 13: veja os smartphones Xiaomi que o vão receber!

Sempre que se fala de uma nova versão do MIUI, a Internet começa logo a ferver. Isto não é de estranhar. É que todos...

Afinal… Resident Evil 8 vai sair para a PS4 e Xbox One!

Pois bem, depois de vários rumores a falar de um cancelamento da versão PS4 e Xbox One do novo Resident Evil Village... Parece que...

Huawei P Smart 2021: o best seller está de volta por 229 Euros

A gama Huawei P Smart tem sido muito bem recebida na Europa. Claro que um dos fatores principais para que isto aconteça é a...

PSVR 2 – O VR para a PlayStation 5 é de um nível bem diferente!

A Sony já confirmou que o atual PSVR é compatível com a PlayStation 5, no entanto, a gigante Japonesa também já afirmou que quer...

Estes são os planos da NVIDIA para o que a AMD tem na manga!

Como já dissemos várias vezes, os yields das linhas de produção da Samsung não são mesmo nada de especial. O que levou muitos especialistas...