Inicio Especiais É uma questão de tempo até o WhatsApp ser inundado por anúncios

É uma questão de tempo até o WhatsApp ser inundado por anúncios

Já sabemos há algum tempo que o WhatsApp irá começar a ser monetizado, com anúncios publicitários claro está… Afinal de contas, é a maior aquisição de sempre do Facebook, e como tal, é normal que a empresa queira ver algum retorno do seu investimento.

Aliás, não têm sido poucas as guerras entre os executivos de ambas as empresas! Com ambos os criadores do WhatsApp a abandonar o barco no início de 2018.


  • WhatsApp já permite responder de forma privada num grupo – Clique aqui

Dito isto, pode começar a ficar à espera de ver alguns anúncios publicitários na página de ‘Estados’ do WhatsApp.

O WhatsApp, tal como outras aplicações do Facebook, copiou as ‘histórias’ do Snapchat, substituindo a antiga ‘experiência de Estados’, onde os utilizadores escreviam um pequeno texto personalizado.

Pois bem, esta interface que substitui o tradicional texto por fotos/vídeos, é um excelente meio para anúncios publicitários! E o Facebook sabe-o! Quem nunca esteve no Instagram a ver histórias, para ser interrompido por uma ‘História Publicitária’?

o WhatsApp

O Vice-Presidente do Facebook, Chris Daniels, confirmou tudo isto, dizendo:

“Vamos introduzir anúncios na aba ‘Estados’. Esta vai ser o principal meio de monetização da plataforma, bem como uma nova oportunidade para várias empresas chegarem aos utilizadores do WhatsApp.”

Por muito chato que isto pareça… A verdade é que ninguém criou o WhatsApp para ser uma excelente aplicação de conversação, só porque sim! O intuito foi sempre fazer dinheiro, e é isso que vai acontecer quer queiram quer não.

A plataforma conta com 1.5 mil milhões de utilizadores, e funciona tanto em Computadores como em smartphones/tablets. Permitindo aos utilizadores conversar entre plataformas sem qualquer dificuldade, e com uma encriptação bastante forte, promovendo imenso a privacidade de cada conversa.

Para ter noção do investimento, o Facebook pagou cerca de 19 mil milhões de dólares há 4 anos! Por isso, a vontade de ter algum retorno deve ser agora IMENSA.

Apesar do Vice-Presidente Chris Daniels não ter mencionado datas, é expectável que os anúncios comecem a chegar já no início do próximo ano. Contudo, esta introdução não deverá comprometer a encriptação das mensagens ou fluidez geral da aplicação. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também

Amazfit Band 5: um super-wearable por apenas 45 Euros!

Quando os primeiros wearables apareceram não tiveram uma grande aceitação no mercado. As pessoas ainda não estavam preparadas para os smartwatches, nem para as...

Galaxy S30 com Exynos já não vai levar pancada da Qualcomm

Apesar da situação que envolve o desempenho das versões Europeia e Americana do Galaxy S20 e também do Note, a Samsung vai voltar a...

Quer mais autonomia no portátil? Use o novo Microsoft Edge!

Os browsers são muito esfomeados. De facto a memória sofre muito quando visitamos vários sites e sobretudo quando temos muitos separadores abertos. O processador...

Google PlayStore: sete jogos grátis este fim-de-semana!

É sexta-feira e isto por si só é sempre uma excelente notícia. Agora que o fim de semana está a chegar, é tempo de...

Gboard: preparado para uma grande atualização no design?

A Google tem estado a trabalhar num novo design do Gboard há dois meses. Agora parece que esta novidade já está a chegar aos...