Inicio Reviews Do que é feito um vencedor: primeiras impressões do Coolpad Torino

Do que é feito um vencedor: primeiras impressões do Coolpad Torino

Se lhe perguntássemos o preço dum smartphone com processador octa-core, 3GB de RAM, 16GB de armazenamento interno expansível e sensor de impressões digitais, dificilmente daria um número abaixo de 300€. O Coolad Torino, acabado de chegar ao mercado nacional muda por completo a perspectiva do que é um telemóvel budget, e chega já com o pedigree de ter sido galardoado nos prémios EISA como o melhor smartphone budget de 2016-2017. Vamos então conhecer do que se faz um vencedor?

Não há muitos smartphones com bons sensores de impressões digitais nesta gama de preço.
Não há muitos smartphones com bons sensores de impressões digitais nesta gama de preço.

A primeira coisa que notamos no Coolpad Torino é o seu design garrido, com curvas expressivas e decoração em branco e dourado. Um ouro velho, na verdade, mais discreto e agradável É o mesmo tom que encontramos nos acentos, como o anel protector em torno da câmara de 13MP e do sensor de impressões digitais. Este é, precisamente, uma das grandes funcionalidades mais impressionantes no Torino e no irmão mais pequeno, o Coolpad Torino S, sendo extremamente raro encontrar sensores de impressões digitais nesta gama de preço no mercado actual.

O sensor de impressões digitais não é apenas um gimmick. A segurança extra que garante, abre as portas a maior segurança em serviços de pagamento online como o PayPal, ou em iniciativas como o Dual Space que o Torino introduz. É como criar uma drive virtual protegida, onde é possível ter um segundo perfil de utilizador, que pode ser usado para as mais diversas opções, como por exemplo possuirmos uma partição para as questões profissionais, e uma para a vida privada, segura contra intrometidos.

A câmara tem um modo totalmente manual bastante completo, caso encare a fotografia com respeito.
A câmara tem um modo totalmente manual bastante completo, caso encare a fotografia com respeito.

Com 7,6cm de largura e 8,7mm de espessura, o Coolpad Torino é um dispositivo de dimensões francamente generosas, mas as curvaturas que encontramos dão-lhe uma ergonomia bastante interessante, com a mão a acompanhar bem os contornos do telemóvel e, por isso, a garantir que o seguramos com relativa firmeza, mesmo quando temos de recolocar os dedos para utilização só com uma mão. O sensor de impressões digitais, por seu turno, é em baixo relevo e muito fácil de encontrar. O material predominante é o plástico e nota-se; alguns poderão não gostar desta opção. A Coolpad não tem qualquer intenção de esconder o plástico, mas não podemos levar esta questão a mal, tendo em conta o claro foco em dar ao dispositivo um conjunto máximo de possibilidades de utilização.

Na frente, o ecrã de 5.5 polegadas é impressionante, com a ligeira curvatura do ecrã 2.5D, onde o único defeito serão as laterais algo expressivas, por comparação ao que estaremos habituados em dispositivos mais caros. A boa notícia é que todo o ecrã é utilizável: a Coolpad tomou a excelente decisão de passar as teclas capacitativas para a base do ecrã, onde não se intrometem nas apps de tela inteira. A resolução é HD, mas, mais importante que isso, a tecnologia IPS mantém o telemóvel sem grandes alterações de cor, não importa qual o ângulo a partir do qual observamos o ecrã.

O processador que faz as honras da casa é o Qualcomm Snapdragon 617, um octa-core de 64 bits a 1,36GHz, com oito núcleos Cortex A53. É, portanto, um chip muito parecido com velhos conhecidos como o HiSilicon Kirin 650, ou o MediaTek Helio P10. A par com a Adreno 405 e a resolução do ecrã, temos razões para pensar que a performance será muito boa para os gamers. Esta não é a potência que costumamos encontrar por este preço, e promete uma concorrência séria a dispositivos francamente mais onerosos.

Um Snapdragon 627 com 3GB e Adreno 450 é mais do que suficiente para corrermos bem jogos de qualidade.
Um Snapdragon 627 com 3GB e Adreno 450 é mais do que suficiente para corrermos bem jogos de qualidade.

Estamos a utilizar o Coolpad Torino há algumas horas e a resposta do dispositivo é muito boa. Encaixa, para já, os nossos jogos habituais, como N.O.V.A. ou Dead Effect, sem problemas. O ecrã promete ter uma boa prestação com, bons contrastes e excelente luminosidade, e a câmara de 13MP da traseira parece interessante, com um modo profissional onde podemos ajustar a totalidade dos parâmetros e apostar num foco manual para melhor capturar aquelas imagens proto-macro a distâncias mínimas.

Não falta a conectividade LTE, pelo que a navegação via rede de dados deverá ser bastante aceitável. A bateria é, talvez, um ponto de preocupação, com apenas 2500mAh, mas – por outro lado – não temos um hardware excessivamente gastador e não adivinhamos problemas de maior. Seria mais preocupante se o ecrã fosse FHD.

Uma palavra de confiança: já tivemos algumas experiências relativamente más com leitores de impressões digitais pouco interessantes. No caso do Coolpad Torino, o sensor activa o dispositivo em cerca de um segundo, pelo que estamos bastante impressionados pela sua sensibilidade.

Portanto, o Coolpad Torino tem todas as marcas de um smartphone com uma relação qualidade preço impressionante. O seu mix de processador potente, memória ampla, sensor de impressões digitais e bom design é algo pelo qual esperamos gastar bastante mais dinheiro do que os €269 que o dispositivo vale actualmente no mercado. O júri dos prémios EISA sabia o que dizia.

Fiquem atentos, porque vamos levar este menino para o terreno e ver o que ele vale.

  Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Série da Netflix vira um caso de polícia na vida real! Mas como?

Já aqui tínhamos visto antes montes de séries polémicas que tiveram o seu lugar na Netflix, e que isso até lhes proporcionou alguma fama....

A Microsoft já veio comentar a alegada vantagem da PlayStation 5!

Tanto a PS5 como a nova Xbox Series X já chegaram ao mercado há algumas semanas! No entanto, ao que tudo indica, a Microsoft...

Não consegue meter as mãos numa RTX 30? De quem é a culpa?

Se por acaso ainda tem esperanças de meter uma RTX 30 no seu PC até ao fim do ano, talvez seja boa ideia tirar...

O PSVR2 vai trazer haptic feedback para o mundo do VR!

Ao que tudo indica, o novo e revolucionário comando DualSense não vai ser o único periférico ou acessório para a PlayStation 5 com a...

Surface Laptop 4 e Surface Pro 8: há novidades fresquinhas!

No próximo ano devemos ter uma atualização aos Surface Laptop e Surface Pro. Digo isto porque hoje as imagens do Surface Laptop 4 e...