Dimensity 9000+ é o novo concorrente do Snapdragon 8+ Gen 1

A MediaTek continua a disponibilizar chipsets com boa qualidade, face à alternativa da Qualcomm. Hoje foi revelado o Dimensity 9000+ que é na prática uma versão com overclock e melhorada do 9000. O objetivo é competir de frente com a aposta da Qualcomm. O Snapdragon 8+ Gen 1.

Dimensity 9000+ é o novo concorrente do Snapdragon 8+ Gen 1

O novo chipset é desenvolvido com a arquitetura ARM utilizando um processo de fabrico de 4nm (as mesmas especificações que o Snapdragon 8+ Gen 1). A configuração ao nível de núcleos também é exatamente a mesma. Ou seja, temos uma configuração 1-3-4 (um núcleo ultra-Cortex-X2 que opera até 3.2GHz, três núcleos Cortex-A710 e outros quarto Cortex-A510).

A principal diferença entre o 9000+ e a versão simples é o núcleo de alto desempenho Cortex-X2. Em comparação, o 8+ Gen 1 emprega a mesma velocidade para o núcleo de desempenho. Entretanto a principal diferença parece residir mesmo na placa gráfica.

O Dimensity 9000+ vem com um processador gráfico ARM Mali-G710 MC10, enquanto o 8+ Gen 1 depende da arquitetura Adreno. A MediaTek promete mais de 5% de aumento no desempenho do processador e mais de 10% no caso da placa gráfica. Isto é mais ou menos a diferença entre a versão da Qualcomm Snapdragon 8 Gen 1 e Snapdragon 8+ Gen 1.

As diferenças entre a versão Plus e normal no mundo da Qualcomm

No ano passado, a única diferença entre o SD888 e SD888+ estava na frequência do CPU, com o núcleo Cortex-X2 a ser capaz de chegar aos 2.995GHz. Em 2020, com o Snapdragon 8 Gen1+, vamos ter melhorias nas frequências do CPU, e do GPU. Tudo isto aliado a muitas outras melhorias no campo da eficiência energética, e térmica.

Assim, o núcleo Cortex-X2 chega agora aos 3.2GHz em vez de 3.0GHz, os três núcleos A710 chegam aos 2.8GHZ em vez de 2.5GHZ, e por fim, os quatro núcleos Cortex-A510 chegam aos 2.0GHz em vez de ‘apenas’ 1.8GHz. Quanto ao GPU, a frequência é agora 10% maior, em qualquer situação.

Além de tudo isto, a Qualcomm afirma também existir uma melhoria na gestão de energia de mais ou menos 15%, no uso do dia-a-dia. O que por sua vez, ajuda no aumento de eficiência de mais ou menos 30%.

Temos mais alguma novidade, ou novas funcionalidades?

Não, não temos mais nada a separar a versão Plus, da versão original que dá vida a tantos aparelhos Android no mercado.

Não perca nenhuma informação importante. Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir ou no símbolo da estrela no canto superior direito.

Subscrever

Outros artigos

Como recuperar e ver passwords guardadas no Chrome

Já lhe aconteceu escolher uma password, passar a utilizá-la...

(Análise) Huawei Freebuds Pro 2: O bom ficou melhor

(Análise) Huawei Freebuds Pro 2 - Como dissemos na...

Windows 11: como verificar o seu tipo de conta

O Windows 11 permite criar contas com diferentes níveis...

Combustíveis: Gasolina desceu 40 cêntimos em 2 meses

Verdade seja dita, os combustíveis ainda estão muito longe...

Oppo e OnePlus banidas da Europa? Pode acontecer!

A Oppo e a OnePlus estão agora banidas no...
mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.