Dia das Mentiras foi altura de dizer verdades sobre os eSports!

As coisas podem ainda não ser consideradas “mainstream” ou pura e simplesmente “normais”, porém, a realidade é que o gaming e os eSports fazem cada vez mais parte do dia a dia dos jovens, e também de quem já não é assim tão jovem. Aliás, Lewis Hamilton, 7 vezes campeão de Fórmula 1, acabou de dar uma entrevista à GQ a afirmar que adorava jogar Fortnite nas suas horas livres, sendo exatamente por isso que adorou a oportunidade de ser uma personagem jogável.

Ainda assim, a realidade é que o conceito de eSports ainda causa alguma confusão, tanto a miúdos como a graúdos. Por isso, para clarificar, eSports são eventos de videojogos, que podem decorrer online ou presencialmente, onde jogadores profissionais competem pelo primeiro lugar e respetivo prémio.

Dia das Mentiras foi altura de dizer verdades sobre os eSports!

Portanto, esta indústria, que diga-se de passagem… Está em constante evolução e crescimento, inclui não apenas os jogadores ou equipas propriamente ditas, mas também um enorme conjunto de outros profissionais! Onde podemos dar o exemplo da área de gestão e organização de eventos, como também patrocinadores ou até direitos de transmissão.

Aliás, a própria Netflix já anda a investigar a possibilidade de se meter no mundo do gaming, para roubar “quota” de mercado à outras plataformas como é o caso da Twitch ou do YouTube. Talvez ainda seja cedo para dizer isto, mas, no futuro, pagar para ver um qualquer torneio eSports pode ser tão valioso quanto uma final da Liga dos Campeões de futebol.

- Advertisement -

Afinal, algumas competições envolvem investimentos financeiros bastante avultados, para se perceber melhor,  o crescimento tem sido exponencial e o setor foi avaliado em 2022 em mais de 1,38 milhões de dólares (dados Statista).

No entanto, sobretudo por expressões que definem estes jogadores como a ‘geração dos ecrãs’, o setor é comumente associado a algo negativo.

Assim, para ajudar a esclarecer e assinalar o Dia das Mentiras, o Benfica Teleperformance, a equipa oficial de eSports do Benfica Sport Clube, recolheu, analisou e enumera abaixo os cinco principais mitos sobre os eSports.

  1. Ser jogador profissional de eSports é simples e qualquer um pode fazê-lo. Além de ser um desporto em que é preciso bastante treino, os atletas precisam de ter uma mente inteligente e ágil, capaz de, enquanto jogam, tomar decisões rápidas e corretas, e adaptar estratégias a diferentes situações de alta pressão durante o jogo.
  2. A idade é um fator que limita os atletas de eSports! Apesar dos jogadores mais jovens frequentemente se destacarem nos eSports, a idade não é necessariamente uma limitação. O que importa é a dedicação, habilidade e pensamento estratégico dos atletas.
  3. eSports não é um desporto real e não é necessário treino. Apesar dos atletas de eSports não despenderem o mesmo esforço físico que os praticantes de outros desportos. A realidade é que passam por outro tipo de desafios, tais como treinos intensivos, prática de mecânicas e situações de elevado stress.
  4. A audiência e público-alvo dos eSports são só jovens e adolescentes. De acordo com dados do Statista de 2022, a audiência de eSports não são só adolescentes. Apesar da Geração Z (16-24 anos) representar 26% da audiência… O tipo de público mais frequente neste tipo de desporto são os Millenials (25-41), que representam 50% da audiência.
  5. Fazer carreira em eSports não desenvolve quaisquer soft skills. A verdade é que ser jogador profissional de eSports é muito mais do que ‘controlar um comando’. Qualquer atleta que pratique este desporto desenvolve muitas competências, tanto a nível de comunicação como no pensamento crítico e estratégico.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.