Inicio Gadgets DHL testa distribuição de mercadoria através de drones

DHL testa distribuição de mercadoria através de drones

A DHL anunciou que incluiu, na sua cadeia de distribuição, a terceira geração do seu projeto Parcelcopter, uma fase que permite assegurar as entregas de forma automatizada através do recurso a drones.

Criado para ser usado na entrega de encomendas em destinatários localizados em regiões alpinas, o Parcelcopter 3.0 foi testado, ao longo do primeiro trimestre, na comunidade de Reit im Winkl, e onde os clientes da empresa de distribuição DHL receberam convites para o envio de encomendas até ao planalto Winklmoosalm.

 

Durante a fase de testes foram realizadas cerca de 130 entregas, todas elas feitas de forma automatizadas com recurso a um Packstation – Parcelcopter Skyport – um drone desenvolvido para o efeito. Para realizar este processo de entregas, os clientes apenas tinham de inserir as suas encomendas no Skyport e iniciar a transferência e entrega automatizadas através do Parcelcopter, em percursos de oito quilómetros e a uma altura de 1 200 metros acima do nível do mar.

A evolução alcançada com o Parcelcopter 3.0 permite agora lidar com condições geográficas e meteorológicas adversas, com cargas mais pesadas e distâncias mais longas. Durante a fase de testes foram entregues medicamentos urgentes e material desportivo em oito minutos, um itinerário que de carro levaria pelo menos trinta minutos. “Somos os primeiros, em todo o mundo, a oferecer um transporte através de drone – Parcelcopter DHL – com entrega ao cliente final. Com esta combinação de carga e descarga totalmente automática, com o aumento da capacidade de carga de transporte e alcance do nosso Parcelcopter, conseguimos um nível de maturidade técnica e processual que nos permite avançar numa próxima fase para testes em zonas urbanas”, afirma Jürgen Gerdes, Management Board Member do Post – eCommerce – Parcel do Grupo Deutsche Post DHL.

O sucesso do projeto reflete uma parceria de excelência com a comunidade de Reit im Winkl, com o seu parceiro R&D, Rheinisch-Westfälischen Technischen Hochschule Aachen (RWTH), e com outras entidades como o Ministério Federal dos Transportes (BMVI), que estabeleceu uma zona restrita de voo especificamente para este projeto de pesquisa, e a Autoridade de Aviação para a Região da Alta Baviera, que providenciou as autorizações necessárias de voo.

A DHL fez questão de revelar que todos os detalhes foram salvaguardados de forma a garantir a segurança e eficácia do projeto.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

João Fernandeshttp://www.wintech.pt
Adepto de desportos coletivos e doente pelo “ENORME” Vitória de Setúbal, é um apaixonado pela tecnologia e tudo o que a rodeia. É redator e responsável pelos conteúdos do site Wintech.pt.

Leia também

Duplo de Vin Diesel quase morreu em Fast And Furious 9! Como?

Quando os filmes de ação tentam transparecer ao máximo o realismo que existe nas cenas, é óbvio que algo de perigoso está a ser...

Apple Watch Series 6: Rastreio de SpO2 ainda na fase inicial?

O Apple Watch Series 6 aperfeiçoou muitas das funcionalidades do seu antecessor. Afinal de contas, tem um ecrã “Always On” mais brilhante, um processador...

Enola Holmes está brutal mas a Netflix foi processada!

Enola Holmes é um dos mais recentes projetos da Netflix lançados na plataforma. Que junta três conhecidos atores em todo o mundo numa história...

Godfall vai custar 79.99€ na PS5 mas apenas 59,99€ no PC

Godfall vai custar 79.99€ na PS5 mas apenas 59,99€ no PC - Parece que a tendência de subida de preços na nova geração de...

(Especial) Quanto vale a sua placa gráfica neste momento?

Antes de mais nada, como deve imaginar, já não é novidade para ninguém que as recentemente anunciadas e lançadas NVIDIA RTX 30 deram uma...