Desligar o seu Galaxy Note 7 é a posição oficial da Samsung: não importa o que possa ler


Por em

Desde que começou o problema com as baterias defeituosas do Samsung Galaxy Note 7, que a desinformação tem sido abundante e a confusão reinante.

O fabricante Coreano já iniciou um processo de recolha das unidades compradas antes da suspensão das vendas, mas continuam a surgir informações contraditórias.

De parte da Samsung não há contradição: as unidades de substituição começam a chegar a Portugal no dia 19 de Setembro. Até lá, o único conselho oficial da Samsung é: desligue o seu Galaxy Note 7, e não o carregue.

Esta clarificação de nossa parte vem depois de várias notícias veiculadas por diversos meios de comunicação poderem levar os utilizadores a pensar de outro modo.

A notícia mais recente é que, na Coreia do Sul, o Note 7 receberá uma actualização para limitar a bateria a 60%. Não há indicação de que o patch chegue a outros países, nem esta possibilidade se sobrepõe à necessidade de desligar o Note. É apenas uma medida de segurança para salvaguardar aqueles que insistirem em manter o dispositivo em funcionamento, apesar das instruções em contrário.

Outras notícias deram conta de um verificador de IMEI para quem quiser verificar se o dispositivo está seguro. Para sermos claros, a Samsung não limitou a recolha a IMEI específicos.

Por isso, se ainda tem o seu Note 7 em funcionamento, a Samsung aconselha a que o desligue e obtenha junto do retalhista um smartphone de recurso. Qualquer outra posição oficial será publicada no site da Samsung e a Leak certificar-se-á de que os nossos leitores terão acesso a ela.

Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Xiaomi Mi 5S pode incluir sensor de impressões digitais ultrassónico

Mais de 45.000€ já angariados para apoiar vítimas dos incêndios

Seguinte