Warhammer Dawn of War III – As nossas primeiras impressões

Dawn Of War III - O regresso ao campo de batalha.

54457
0
Share:

É verdade! Warhammer 40k está de volta!

Com 9 anos de diferença desde a ultima vez que pegámos num Warhammer 40k, já tínhamos a sensação que o jogo era incrível. Dawn of War III corresponde a todas as nossas expectativas.

Com alguma curiosidade enfrentámos os tutoriais. Foi com felicidade que verificamos que os esquadrões ainda se mantêm, e acreditem, queremos mesmo que este jogo mantenha a magia que Dawn of War II nos entregou.

Dawn of war III Leak Games Review analysis

All rights belong to Sega, Relic Entertainment, Games Workshop and Warhammer 40000

É sempre interessante pensar como os pobres dos Blood Ravens são a carne para canhão designada do jogo. Desde a campanha dos Chaos Chapters, o abandonar das ordens do God Emperor. Serem usados como sacrifício e terem perdido à vontade metade das suas forças.

A perseguição por parte dos Ultra Marines. Serem considerados heréticos dentro da sua raça, só contribui para a admiração que temos por estas pobre almas do universo Warhammer.

Mas o jogo não é só nostalgia. Dawn Of War III é absolutamente lindo.

A evolução gráfica é notória. Os efeitos especiais do jogo estão absolutamente fantásticos. Antigamente quase que podíamos ver as texturas dos personagens e dos edifícios. Agora com a nova tecnológica do mundo dos videojogos, e o poder do nosso ASUS ROG G20, este jogo é uma maravilha visual. Claro que existe sempre algo de calmante em ver Space Marines a desbastar Orks como se não fosse nada.

Asus Rog G20 Leak Gaming

O nosso ASUS ROG G20AJ que utilizamos para testes gentilmente cedido pela ASUS Portugal

Felizmente o jogo mantém o seu passo frenético em que todas as unidades combatem ao mesmo tempo e lutam pela sobrevivência da sua missão. Acreditem que isto acima de tudo nos coloca um sorriso na cara. Bem como o ocasional “oh shit” porque parece que tudo vai correr mal. Não seria Warhammer 40K se assim não o fosse.

Leak_Games_Analysis_Dawn_of_war_III_Review_game

Este jogo tem vários elementos em comum com os jogos da saga. E memórias começam quase automaticamente a surgir. Como por exemplo deixarmos de produzir ranged units em prol de assault marines e enchermos o cenário de sangue e gore. Ah esses eram os melhores combates.

Os Scout Snipers levaram uma valorosa melhoria de design. O seu ar de fragilidade ficou no passado e ganharam uma estilosa capa que inspira medo a qualquer pele verde que apareça no seu scope.

E os heróis?

Quando voltamos a ver heróis como Gabriel Angelos, e o seu magnífico “WarHammer”, é que realmente verificamos a evolução gráfica do jogo. O seu modelo atualizado inspira respeito e está diretamente relacionado com a história do sofrido líder dos Blood Ravens. Um mortal poderoso rebenta com qualquer horda de Orks que possam atirar ao Chapter Master dos Space Marines.

Leak_Games_Analysis_Dawn_of_war_III_Review_game

É impossível não fazermos uma comparação direta com Starcraft. O sentimento que este nos deu quando lançou a sua sequela ainda hoje nos está na memória. Dawn of War 3, está muito mais preciso, as texturas estão a milhas de distância bem como as suas animações. Não nos façam falar das cinematics, acreditem que vale a pena.

Para nós?

É bom ver que o jogo não perdeu a sua garra, o ambiente cyberpunk/religião/mundo distópico continua. Para fãs e não fãs da saga mas do género de RTS, Warhammer 40K: Dawn of War III, é um jogo a considerar. Pelo menos nós temos a certeza que vai fazer orgulhosamente parte da nossa biblioteca.

 

Share:
Pedro Vieira

Leave a reply