Dark Mode já chegou ao Facebook Messenger. Já experimentou?

Já passou cerca de um mês desde que o Facebook começou a testar o dark mode, ou se preferirem, o modo escuro do Messenger. Embora esta funcionalidade já possa estar disponível para todos, não era possível activá-la no menu de configurações.

Até aqui a única forma de ativarem o modo escuro no Messenger era enviarem um emoji de lua crescente em qualquer conversa.

A ativação através deste Easter Egg estava disponível nas plataformas Android e iOS.

A partir de hoje, o Facebook facilitou a ativação e a desativação do modo escuro no Messenger. Assim, esta opção passou a ser disponibilizada no menu Configurações. Para ativar esta funcionalidade, basta tocar na sua foto de perfil no Messenger e assim aceder às configurações. Depois só tem de alternar para o modo escuro.

De acordo com o Facebook, o novo modo escuro para o Messenger garante logo à partida menor brilho, ao mesmo tempo que mantém o mesmo contraste e vibração. Esta nova funcionalidade torna o Messenger muito melhor em situações de pouca luz.

O Facebook menciona que o modo escuro já está disponível a nível global nas configurações do Messenger. No entanto, alguns utilizadores ainda podem ter de esperar Entretanto, se ainda não tem esta novidade presente nas configurações pode usar o Easter Egg que mencionámos acima para ativar este modo.

Entretanto esta não é a única novidade a chegar ao Messenger. É que aparentemente o Facebook quer trazer novamente o “Messenger” para dentro do Facebook.

A investigadora de código Jane Manchun Wong descobriu pistas desta potencial alteração. Num tweet acerca disto, ela refere que esta alteração faz parte da estratégia desta empresa em integrar todas as conversas numa só aplicação. Quando dizemos todas, falamos do Instagram, WhatsApp e Messenger.

Entretanto num tweet posterior, a investigadora afirma que quando o chat estiver novamente integrado no Facebook se vão perder algumas funcionalidades. É verdade que vamos poder continuar a conversar por mensagens de texto. No entanto, ainda vamos necessitar da aplicação separada para acedermos às chamadas telefónicas, conversação vídeo, envio de fotos e mais.