A culpa da falha de rede no Web Summit não foi da Vodafone


Por em

A sessão de abertura do Web Summit ficou marcada por uma falha técnica que impossibilitou o seu fundador de realizar uma demonstração. Na ocasião, Paddy Cosgrave estava ligado em Wi-Fi, tal como o vídeo oficial do evento em anexo comprova.

Como é do conhecimento público, a Vodafone não é o operador responsável por assegurar as comunicações do Web Summit. Assim, os problemas técnicos que se verificaram durante a ligação em Wi-Fi não podem, em qualquer circunstância, ser imputados à Vodafone.

A referência à Vodafone visível no ecrã do telemóvel de Paddy Cosgrave diz respeito à rede móvel em que o equipamento estava registado. No entanto, na altura da demonstração, o fundador do Web Summit estava a utilizar a rede Wi-Fi disponível no local do evento. Importa reforçar que sempre que o Wi-Fi está ligado, a utilização de dados nunca é feita pela rede móvel na qual o telemóvel está registado.

A Vodafone reforçou a sua rede de forma a garantir a entrega de um serviço de elevada qualidade aos visitantes deste evento, tal como sempre acontece, e mantém uma monitorização constante da performance da mesma, a qual tem apresentado elevados níveis de excelência.

Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Primeiro Pomar Pedagógico Interativo de Portugal abre portas a crianças de todo o país

Huawei Mate 9: todas as novas funcionalidades da EMUI 5.0 e como as activar 

Seguinte