A Creative fez entrar uma queixa na ITC (Comissão Internacional do Comércio dos EUA, sigla em inglês) onde alega que, praticamente, todos os smartphones baseados no sistema operativo Android estão a violar as suas patentes.
Em causa estão as patentes relacionadas com os produtos da linha ZEN, da Creative, e que se limitam à reprodução de ficheiros musicais.

Segundo a Creative, os aparelhos Android usam um sistema de menu hierárquico para a apresentação das listas de músicas e álbum, algo que se assemelha ao que era usado nos leitores de MP3 da empresa de Singapura.

Desta forma, e caso seja aceite, a empresa pretende que sejam proibidas as vendas dos smartphones da Samsung, da Motorola, da Lenovo, da LG, da Sony, da HTC, da Lenovo, da BlackBerry e ZTE. Resumidamente: todos os dispositivos Android existentes no mercado norte-americano.

Apesar das suas intenções, dificilmente haverá uma suspensão de venda, sendo mais provável que a empresa seja contactada pelos fabricantes e que seja indemnizada.

Recorde-se que há cerca de dez anos, a Creative conseguiu uma compensação no valor de 100 milhões de dólares por parte da Apple, sendo que também na altura estava em causa estas patentes…

 

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.