O Coronavírus chegou a Portugal! O que devo fazer?


Por em

Se por acaso tem visto as notícias, sabe que o Mundo está alarmado com o coronavírus. Um vírus oriundo da china (2019-n CoV), que é no fundo uma subespécie de algo que qualquer um de nós tem ao longo da nossa vida. Ou seja, o coronavírus é o grupo de vírus, o que é assustador é a nova estirpe com efeitos potencialmente fatais.

Assim, esta espécie de coronavírus têm vindo a apresentar sintomas mais graves podendo, inclusive levar à morte!

Dito isto e agora que chegou a Portugal não é preciso alarmismos. No entanto é importante estar atento. Os sintomas são: Febre, tosse, nariz entupido, falta de ar e dificuldade respiratórias!

Mas qual os melhores métodos para se proteger caso tenha necessidade de estar em contacto com várias pessoas?

1. Máscaras

Se acha que as máscaras cirúrgicas “desajustadas” ao seu rosto funcionam a 100%, desengane-se!

É preciso ter em conta que as máscaras de venda livre não protegem a sua face do contacto com o ar. Assim sendo, por mais que seja uma ótima técnica para se proteger, não é totalmente eficaz!

Dito isto, pode continuar a usar a máscara. Contudo deve ter presente que não é 100% eficaz, nem deve ser usada larga. (Tem de tapar bem as vias respirátórias!) Além disto, quando a máscara fica húmida parte da sua capacidade de proteção é perdida. Como tal, será importante ter mais do que uma à mão…

2. Gel desinfetante

Os desinfetantes à base de álcool podem reduzir rapidamente o número de diversos micróbios nas mãos em algumas situações! Contudo, não eliminam todos os tipos de germes.

Medidas de proteção segundo as Organizações de saúde

  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão. Pelo menos cerca de 20 segundos. Adicionalmente, um desinfetante à base de álcool pode funcionar na ausência de água e sabão.
  • Imprescindível! Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Fique em casa quando estiver doente.
  • Cubra a boca quando tossir ou espirrar com um lenço de papel e coloque-o no lixo.
  • E, por fim, limpe e desinfecte objetos e superfícies que toque com frequência.

O período de incubação deste vírus vai de 2 a 14 dias. Isto é, as manifestações podem apenas apresentar-se até 14 dias depois do contagio. Dito isto, e mais uma vez, prevenção é melhor que se arrepender!

Assim sendo, pode-se afirmar que primeiramente queremos evitar o contacto com pessoas que estiveram em viagens recentes. Nomeadamente, que tenham vindo de países que já apresentaram fatalidades. E, por fim, o bom uso de máscara como proteção bem como a boa higiene para evitar o contágio são os dois pilares da sua segurança.

Ademais, se têm interesse neste assunto e quer até saber mais clique aqui: Vírus da china. O que é? Como me posso proteger?

E ainda… se quiser aumentar a sua imunidade: (Saúde) Imunidade – Os alimentos ideais segunda a ciência!

Leia também

Ou veja mais notícias de Fora da Caixa, Saúde

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.