Conheça o novo Xiaomi Mi 5S: ecrã sensível à pressão e sensor ultrassónico


Por em

A Xiaomi apresentou finalmente o novo Xiaomi Mi 5S num caso onde a maioria dos rumores mais optimistas acabou por se revelar verdadeiro.

xiaomi-mi-5s-sensorA começar, a grande inovação do Xiaomi Mi 5S é mesmo o leitor ultrassónico de impressões digitais. A tecnologia da Qualcomm esconde-se debaixo do ecrã principal. Talve para os utilizadores não se sentirem perdidos boa primeiros tempos, a Xiaomi manteve uma espécie de botão, mas de vidro, escondendo o sensor e impedindo-o de se danificar.

A tecnologia ultrassónica significa, em teoria, que será mais fácil (possível) ler as impressões digitais mesmo com o dedo molhado.

Do lado da estética, não há muito por onde lhe escapar: o Xiaomi Mi 5S introduz linhas de antena traseiras que invocam o iPhone 7.

Outra grande novidade que já flutuava pelos rumores é o Snapdragon 821, uma evolução do Snapdragon 820 que parece muito mais capaz de maior performance sem consumos excessivos. Ao processador juntam-se 3 ou 4GB de RAM, conforme optemos pela versão com 64Gb ou 128Gb de armazenamento interno, ainda que a maioria de nós esperasse que a versão mais básica incluísse 4GB de RAM.

Finalmente, outro grande rumor a confirmar-se é a manutenção do ecrã de 5.15 polegadas FHD do Xiaomi Mi 5, mas com a adição do 3D Touch. Ou seja, o Xiaomi Mi 5S junta-se ao exclusivo clube de telemóveis com ecrãs sensíveis à pressão, abrindo novas hipóteses de exploração e interacção.

Do lado das câmaras estamos menos impressionados, já que o Xiaomi Mi 5S optou por uma combinação de 12MP na traseira e somente 4MP na frente. Não há – para já – confirmação quanto às dimensões da bateria.

Os preços deverão começar nos $300 para a versão base com 3GB de RAM e 64GB de armazenamento.

Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.