Como utilizar o comando dmesg no Linux


Por em

O dmesg permite aceder a uma variedade de informações e pode ser utilizado com vários tipos de opções para ajudar na detecção de erros ou avisos relativamente a vários serviços existentes no sistema (Ex.:MySQL). Neste artigo vamos explorar o comando dmesg de uma forma simplificada .

Comando Inicial

dmesg [options] 

Este comando apenas serve para indicar a sintaxe da utilização do dmesg, neste caso para inicializar a utilização do mesmo necessitamos de indicar o nome dmesg e de seguido o tipo de opção que necessitamos como parâmetro.

Visualizar as mensagens de arranque do sistema 

dmesg | more

Para aceder às mensagens emitidas pelo kernel do nosso sistema durante o arranque do mesmo, basta apenas inserir o comando: dmesg sem mais parâmetros. Tendo em conta a quantidade de informação que provavelmente será impressa no ecrã, acrescentamos o comando more para que seja mais fácil a interpretação dos dados.

Verificar a memória disponível no sistema 

dmesg | grep -i Memory 

Aqui será apresentada a informação relativa à memoria disponível.

Listar todos os equipamentos detetados pelo sistema 

dmesg | grep sda 

No código acima juntamos o comando dmesg ao comando grep para encontrar todas as referências a dispositivos existentes. Teremos como resultado a lista de equipamentos encontrados pelo nosso sistema.

Aceder apenas às últimas 15 linhas do dmesg 

dmesg | tail -15 

O comando acima irá associar o output do dmesg ao comando tail com um limite de 15 linhas. Serão então exibidas apenas as últimas 15 linhas do ficheiro dmesg.

Acompanhar em tempo real as mensagens emitidas pelo sistema 

watch "dmesg | tail -20" 

Com este comando podemos aceder em tempo real ás mensagens emitidas pelo sistema. De salientar que serão apenas apresentadas as últimas 20 linhas do ficheiro dmesg.

Verificar se existe algum dispositivo USB no sistema 

dmesg | grep -i usb 

Pelo comando acima, serão disponibilizadas todas as referências aos equipamentos USB.

Para finalizar, convém referir que as mensagens emitidas pelo dmesg encontram-se num ficheiro log e podem ser acedidas para além da utilização do comando dmesg , por exemplo pelo comando cat , da seguinte forma:

cat /var/log/dmesg | more 

Leia também

Ou veja mais notícias de Linux

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.