Cuidado com os códigos que anda a ler no seu smartphone!

Os códigos QR tornaram-se parte integrante das operações comerciais nos últimos anos. No entanto com a popularização dos códigos QR, os burlões começaram a manipulá-los para enganar as pessoas, o que levou a um aumento significativo destas burlas. É que em alguns casos ninguém sabe ao certo onde vai ter um código QR e a maioria deles tem o mesmo aspeto. Assim tem de ter cuidado com os códigos que anda a ler no smartphone.

Cuidado com os códigos que anda a ler no seu smartphone!

Os códigos QR são geralmente considerados seguros para leitura, mas a sua fácil manipulação torna-os potencialmente inseguros. O facto de um código QR ser seguro depende inteiramente do local e da razão pela qual o pretende digitalizar.

Se estiver a ler um código QR enquanto faz compras num centro comercial, compra uma bebida num bar ou paga um café numa loja local, é muito provável que seja seguro. No entanto, se estiver a ler um código QR para efetuar um pagamento num site duvidoso, descarregar uma aplicação de uma fonte suspeita ou resgatar um cupão de um site de terceiros, o código pode ser manipulado.

A leitura de um código QR não seguro pode infetar o seu dispositivo com malware. Também roubar dados do seu browser, transferir dinheiro do seu banco de forma fraudulenta, invadir o seu dispositivo com intenções maliciosas e muito mais. É por isso que deve certificar-se de que o código que vai digitalizar é seguro.

Mas se cair na armadilha o que deve fazer?

Dada a forma como os códigos QR semelhantes aparecem e como os burlões os manipulam de forma inteligente, é comum ser vítima deles de vez em quando. Se suspeitar que pode ter digitalizado um código QR falso, pode tomar algumas medidas para minimizar o risco de sofrer danos financeiros ou comprometer a sua privacidade.

Desligue a Internet no seu dispositivo

O primeiro passo depois de digitalizar um código QR falso é desligar o seu dispositivo da Internet. Na maioria das vezes, os burlões utilizam códigos QR manipulados para invadir os dispositivos das suas vítimas. Se o código que digitalizou também produziu o mesmo resultado, os burlões podem ter obtido acesso ao seu dispositivo, colocando em risco as suas informações pessoais.

Ao desligar o seu dispositivo da Internet no momento certo, pode também cortar o acesso do burlão ao mesmo.

Altere as suas palavras-passe

Se suspeita que os burlões podem ter tido acesso ao seu dispositivo durante muito tempo, deve alterar imediatamente todas as palavras-passe que guardou em browsers. Também os gestores de palavras-passe, aplicações, etc. Desta forma, mesmo que os burlões violem e exportem palavras-passe importantes, como as de contas bancárias ou perfis de redes sociais, não conseguirão aceder às suas contas.

Ao alterar as palavras-passe, termine a sessão em todos os dispositivos para garantir que os burlões ainda não entraram em nenhuma das suas contas.

Minimize o risco de perdas financeiras

Bloqueie os seus cartões de crédito se tiver guardado os respectivos detalhes no seu browser. Se a leitura do código QR resultar em transacções autónomas suspeitas, contacte imediatamente a empresa do cartão de crédito ou o banco. Da mesma forma, altere todas as informações financeiras ou pessoais guardadas no seu browser que os burlões possam facilmente manipular e utilizar contra si.

Se a leitura de um código QR deduziu mais dinheiro da sua conta do que era suposto, contacte a empresa em causa para obter um reembolso.

Android 14 conduz, recuperar aplicações apagadas do smartphone Android, smartphone rápido, fazer no smartphone Android, trocar os botões de navegação por gestos, erros com aplicações, smartphone ouve, Android mais rapidez

Verifique se há alterações suspeitas no seu navegador

Os burlões também tentam sequestrar os browsers dos seus alvos para poderem espiar as suas actividades mais tarde. Por isso, deve procurar sinais de sequestro do navegador. Se o seu browser parece comprometido, deve agir rapidamente para se livrar do problema e limpá-lo completamente.

Como pode evitar ser vítima de uma burla de código QR?

Usar o seu bom senso e confiar no seu instinto deve ser suficiente para distinguir os códigos QR suspeitos dos verdadeiros, evitando que se torne uma vítima. Se a fonte onde se encontra o código parecer duvidosa, é provável que esteja a ser explorada – basta digitalizar códigos QR de fontes fidedignas.

Para digitalizar o código QR, basta a câmara do telemóvel. Não utilize aplicações de digitalização de códigos QR de terceiros, uma vez que podem ser modificadas e alteradas para criar esquemas maliciosos. Além disso, não digitalize qualquer código QR que pareça estar a mudar continuamente.

Se uma aplicação ou site oferecer outras opções para executar a mesma função que a leitura do código QR, ignore a leitura e opte por métodos alternativos. Normalmente, os sites Web e as aplicações oferecem várias formas de executar uma determinada ação. Se o levarem a utilizar códigos QR e a fonte parecer pouco credível, esteja atento, pois pode ser uma armadilha de um burlão.

Assim tenha cuidado com os códigos que anda a ler no smartphone.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.