Cobra Kai (Série de Karaté Kid) saiu do YouTube e chega ao Netflix!

Agarrar numa das sagas mais adoradas de sempre, para a tentar trazer para o mundo moderno… Acaba quase sempre mal! No entanto, Cobra Kai, a série que pega nas personagens de Karaté Kid, e as mete num mundo completamente novo, cheio de novos desafios, teve mesmo algum sucesso!

Aliás, esta série foi uma das bandeiras do YouTube Originals, um projeto que infelizmente está agora morto e enterrado, num gigantesco cemitério de projetos que a Google começa, mas prontamente desiste. Contudo, isto não significa que Cobra Kai tenha de morrer com a desistência da Google!



Afinal de contas, a Netflix já deu a mão à equipa responsável pelo projeto. De forma a que o possam continuar na plataforma de streaming mais popular à face da Terra.

Cobra Kai (Série de Karaté Kid) saiu do YouTube e chega ao Netflix!

Cobra Kai

Portanto, com alguma sorte, (e algum dinheiro da Netflix), Cobra Kai não só vai ter uma nova temporada, como provavelmente até poderá continuar durante vários e bons anos. E ainda bem! Visto que este é um exemplo de como Hollywood deveria de regressar ao passado, para ir buscar alguns dos títulos mais adorados pelos amantes de cinema e televisão.



É que caso ainda não tenha visto a série, Cobra Kai é capaz de contar novas histórias, ao mesmo tempo que vai sempre mandando alguns ossos para os fãs dos filmes originais. Mas vamos ao que interessa. A Netflix já fechou o negócio para meter as mãos nos direitos da série, por isso, vamos ver a chegada das primeiras duas temporadas à plataforma ainda este ano.

No entanto, ainda não fazemos ideia de quando irá chegar a terceira temporada, que ao que tudo indica, já está filmada e editada, ou seja… Pronta a lançar!


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário