Ciberataque ao site MyHeritage revela dados de 92 milhões de utilizadores


Por em

O serviço MyHeritage, que fornece informações sobre a árvore genealógica e ADN, sofreu um ciberataque que revelou os dados de mais de 92 milhões de contas de utilizadores. A informação foi avançada pela própria empresa através de um comunicado, no qual foi revelado que todas as contas criadas até 26 de Outubro do ano passado foram comprometidas.

A empresa afirma só ter descoberto o ataque no dia 4 deste mês – mais de sete meses depois do sucedido – quando um “investigador de segurança” por identificar enviou ao director de segurança de informação uma mensagem, indicando que encontrou os dados num ficheiro alojado num servidor “privado” exterior à empresa.

A MyHeritage não elaborou sobre a origem do servidor. No entanto, confirmou que os dados foram gerados pela empresa e que incluíam as senhas encriptadas de 92,283,889 utilizadores. Outros dados, tais como informações bancárias, testes de DNA e informação genealógica, não foram encontrados no servidor. No comunicado também é indicado que não há indícios de que dados pessoais tenham sido usados por terceiros.

Dado o cariz multinacional dos seus serviços, a empresa, sediada em Israel, afirmou que cumpre com o Regulamento Geral de Protecção de Dados (RGPD) que entrou em vigor a 25 de Maio, e que irá implementar elementos de autenticação de dois passos para contas de utilizadores.

Leia também

Ou veja mais notícias de Fora da Caixa

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Etiquetas
Anterior

BlackBerry Key 2: Agora já se sabe mesmo tudo!

AMD anunciou um processador Threadripper com 32 núcleos!

Seguinte