Chrome Beta 81 chega com realidade aumentada e NFC


Por em

O Chrome 80 foi lançado no início deste mês, o que significa que está na hora do Chrome 81 passar para a fase beta. Esta atualização não possui tantas alterações voltadas para o utilizador. No entanto, existem novas APIs no Chrome Beta 81 para a criação de aplicações Web poderosas. Vamos então olhar para todas as novidades!

Chrome Beta 81 chega com realidade aumentada e NFC

A Google tem trabalhado durante anos para preencher a lacuna entre aplicações web e nativas. Agora e para tornar tudo ainda melhor, eis que o gigante dos motores de busca está a dar às aplicações baseadas na Internet o acesso ao mesmo hardware que têm as apps nativas. O Web Bluetooth foi um passo importante nessa direção, e agora chegou também o NFC.

Google Chrome v79, Chrome Beta 81

A nova API NFC permite que as aplicações baseadas na Internet leiam e gravem em tags NFC. A Google diz que isto será útil para exposições em museus, gestão de inventários, fornecimento de informações em identificadores de conferências e qualquer outra coisa em que o NFC esteja a ser utilizado.

A API é muito fácil para os programadores utilizarem ⁠ – são necessárias apenas algumas linhas de código para gravar dados numa tag ou ler dados existentes. No entanto, o Web NFC ainda não está numa fase final. Isto significa que o standard ainda pode mudar e não está ativado por defeito.

Realidade aumentada

O WebXR é a nova versão do WebVR, desenvolvido para criar experiências de realidade virtual e de realidade aumentada no browser. Assim, o Chrome 81 leva a realidade virtual a todos os utilizadores, sem serem necessárias manobras adicionais. Há muitos exemplos da utilização deste novo sistema aqui.

Muitas novidades a chegar também ao Chrome 82

Se o Chrome 81 parece não trazer grandes novidades para os utilizadores finais, com o 82 vai ser diferente.

Assim, a partir da versão 82, que deverá ser lançada em Abril, o Chrome vai começar a avisar se os utilizadores estiverem prestes a fazer downloads de executáveis ‘estranhos’ de sites que deveriam ser seguros.

Posteriormente, na versão 83 do Chrome, estes downloads de executáveis irão ser imediatamente bloqueados, e o aviso irá passar para outro tipo de ficheiros, como PDFs, documentos Office, etc… O mesmo irá acontecer com a versão 84 e 85. Ou seja, a Google vai implementar esta funcionalidade de segurança ao longo do tempo, versão a versão, tipo de ficheiro a tipo de ficheiro.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Featured

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Motherboards ASRock B550 – Ryzen 3000 com boards baratas mas boas?

Google Chrome para PC: remova agora mesmo estas extensões!

Seguinte